Posts

9 dicas para viajar a Miami

Muitas pessoas estão planejando sua primeira viagem a Miami e conhecem a pouco a cultura local. Confira as dicas para viajar a Miami:

Primeiramente, Miami é um lugar maravilhoso. E viajar sempre cria o sentimento de novidade e otimismo, onde tudo parece possível e a sorte pode chegar a qualquer momento.

Preparando-se para o Clima

miamiclima1

Com uma temperatura média de 19.6 °C em janeiro, o inverno em Miami possui temperaturas agradáveis e, raramente, a temperatura fica abaixo de 10 °C. As temperaturas máximas do verão ficam entre 22–27 °C.

A estação chuvosa começa em junho e termina no meio de outubro. Durante esse período, as temperaturas são de 29–35 °C, com alta humidade, mas esse calor diminui a tarde devido às tempestades e a brisa do mar.

O que vestir?

roupas

Miami, normalmente, é uma cidade casual. Bermudas e camisas leves são boas, mas traga pelo menos uma camisa mais grossa ou uma blusa leve, já que o ar condicionado pode deixar os interiores bem frios.

Calce sapatos confortáveis, já que irá caminhar bastante. E, se você pretende ir à praia, não esqueça roupa de banho e a toalha de praia. Você deve trazer óculos escuros e um guarda-chuva, principalmente se você vier nos visitar durante a estação chuvosa.

Se você pretende ir às boates da moda, deve vestir-se com roupas estilosas (como roupas de grife e vestidos sexy), ou então não conseguirá entrar.

Transporte Traslado

ônibus City Tour Miami
Os traslados oferecem toda assessoria já a partir do aeroporto para o hotel e transporte do hotel para diferentes lugares e bairros de Miami. Desde a recepção no aeroporto  e auxilio de traduções para brasileiros, check-in, informações e tudo que for necessário durante sua estadia em Miami.

Encontrando o WiFi mais próximo

wifi

A Cidade de Miami Beach oferece uma rede de WiFi gratuita. O sistema foi construído para que 95% da cidade tenha cobertura WiFi a céu aberto e pelo menos 70% da cidade tenha cobertura no interior dos edifícios até o segundo andar.

Opções de Hotéis

colony-hotel

Miami tem uma gama enorme de hotéis. Varia de acordo com a sua necessidade e preferência de localização na hora de decidir a sua estadia. Existem as opções baratas como os hostels, e outras como os Hotéis art decor que são apartamentos da década de 1920 reformados, hotéis mais caros de frente para o mar e que oferecem conforto total, apartamentos de Férias e aluguel de casas.

Indo às compras

compras

Fazer compras em Miami é um dos principais motivos de viagens dos brasileiros a cidade e, é possível fazer compras por bons preços. Considerada o paraíso das compras, com uma grande quantidade de lojas, outlets, shopping e malls. Os ítens mais comprados pelos brasileiros são: os eletrônicos, maquiagens, roupas, relógios, perfume e tênis.

Pagando com Cartão de Crédito

cartão

Nos Estados Unidos, os gastos diários são normalmente pagos com cartão de crédito. Então, quando você estiver em Miami, planeje usar cartão de crédito na maioria dos seus gastos. Cartões de qualquer país são aceitos por toda Miami (em hotéis, lojas, restaurantes, agências de aluguel de carros, companhias de turismo, e por aí em diante); os cartões mais aceitos são Visa, MasterCard, e American Express.

Restaurantes Americanos

gastronomia

Restaurantes americanos são um pouco diferentes do que você deve estar acostumado. Umas das grandes surpresas é o serviço, que pode parece ser extremamente rápido,  mas se você sentir que estão lhe apressando, diga, e o garçom irá mais devagar.

Opções de baladas

baladas-Miami

Miami continua viva durante à noite e, independente do dia da semana, sempre haverá algo para aproveitar na cidade. South Beach é um dos pontos principais para quem gosta de agito. A região, que já é animada durante o dia, tem uma vida noturna a todo vapor.

Please rate this

Miami: a queridinha dos brasileiros

Praias exclusivas, recantos naturais e incontáveis possibilidades de compra fazem a viagem valer a pena.

Miami já foi a principal porta de entrada dos visitantes brasileiros nos Estados Unidos. Embora seja um destino atraente com praias charmosas e muitas atividades diurnas e noturnas, a maioria dos turistas apenas fazia uma ponte para os parques de Orlando. Com o passar dos anos, a cidade mudou, se renovou e está em constante expansão. Hoje, Miami oferece um mix variado de atrativos culturais, artísticos, esportivos, gastronômicos, compras, vida noturna e muito mais.

Miami city

No roteiro estão os bares e restaurantes de South Beach, a cultura artística de Wynwood, a energia de Downtown Miami e o sofisticado bairro de Bal Harbour, onde o “jet set” internacional se encontra em uma combinação perfeita de atividades para relaxar, curtir a praia, comprar e se informar. Situado a 15 minutos de South Beach, Bal Harbour é considerado um dos locais mais badalados de Miami. Oferece a melhor concentração de hotéis de luxo, praia e compras, fácil acesso ao Museu de Arte Moderna (MOCA) e do novo Perez Art Museum Miami (PAMM), de Wynwood e seus famosos Wynwood Walls, além de estar a menos de 30 minutos do Aeroporto Internacional de Miami e de Fort Lauderdale. Os principais pontos turísticos de Miami são as praias de Miami Beach, os museus de Arte, de Ciências e o Histórico do Sul da Flórida; o distrito histórico de Art Déco, o bairro de Coral Gables, o calçadão de Lincoln Road, o Fairchild Tropical Garden e a Casa Vizcaya.

O paraíso das compras é Miami

miami for shopping

Com boutiques de luxo de designers, lojas-conceito e outlets, Miami pode ser chamada de paraíso das compras. Entre as muitas opções estão as compras ao ar livre, onde os visitantes podem apreciar a paisagem enquanto se deliciam com as compras. Em frente à bela Baía Biscayne e rodeado por uma paisagem urbana que inclui o Porto de Miami e a Arena American Airlines, está o Bayside Marketplace com mais de 150 lojas e pequenos carrinhos e quiosques que vendem peças de artesanato, souvenirs e bijuterias. Além de um imenso Hard Rock Cafe, o lugar também oferece excelentes restaurantes de frutos do mar, carnes e cozinha latina.

Miami também reúne uma série de imensos e climatizados shopping centers e enormes outlets. Por isso, não esqueça de calçar sapatos confortáveis para encarar a aventura das compras.

Entre as principais opções destacam-se o Aventura Mall, classificado como um dos cinco shoppings mais rentáveis dos EUA. Já em Bal Harbour, o Bal Harbour Shops proporciona compras superlativas em ambientes com sofisticação tropical, em cuja lista de lojas estão Balenciaga, Carolina Herrera, Chanel, Dolce & Gabbana, Gucci, Oscar de la Renta, Ralph Lauren e muitas outras.

Please rate this

Viagem internacional: como arrumar a mala

Seguir alguns passos simples na hora de fazer a mala ajuda a ganhar espaço, contribui para que as roupas cheguem sem amassados ao destino e ainda facilita a tarefa de encontrá-las durante a viagem.

 

15 truques simples e funcionais podem fazer toda a diferença na sua mala e, claro, na viagem! Olha só:

mala de viagem

1) Faça uma lista com tudo o que pretende levar. Demora apenas alguns minutos e é a melhor forma de não esquecer nada. Para escolher as peças, leve em conta a duração da viagem, o clima no destino e o tipo de programação que deve ocorrer. Se for viajar de navio ou ficar em um resort, procure se informar sobre os eventos que estão programados e os trajes sugeridos. Escolha peças versáteis, que combinem entre si. As melhores são roupas de cores básicas, que não amassem e que possam ser usadas de dia ou de noite.

2) Melhor do que levar uma frasqueira enorme com tudo dentro é ter saquinhos ou pequenas nécessaires separadas para produtos de diferentes categorias (por exemplo, remédios, itens de maquiagem, produtos de higiene e bijuterias). Isso mantém a mala organizada e facilita encontrar as coisas quando chegar ao destino.

3) Coloque na mala as roupas sempre esticadas. Quanto menos dobras, mais espaço livre (e menos chance de a peça chegar amassada). Evite fazer rolinhos, pois eles ocupam mais espaço e deixam as peças amarrotadas.

4) Roupas mais longas e pesadas, como jaquetas e calças, devem ficar no fundo da mala. Deixe as pernas das calças para fora, alternando uma para cada lado, e vá preenchendo esse meio com roupas mais leves: vestidos, camisas, camisetas. Quando terminar de colocar todas as peças, dobre as pernas das calças por cima de tudo, para arrematar. Assim elas não vão ficar com dobras.

5) Procure dobrar as blusas abaixo da cintura. Assim, há mais chance de que a marca da dobra fique para dentro da calça ou da saia, sem aparecer.

6) Camisas e outras roupas de botão devem estar sempre abotoadas, para que amarrotem menos. No caso das camisas sociais, alterne as posições das golas: coloque uma para um lado, outra para o outro e assim por diante.

7) Roupas delicadas ou bordadas, como as de seda ou de paetês, devem ser colocadas do avesso, para que não estraguem. Jaquetas também podem ser viradas do avesso, com uma manga dentro da outra, para economizar espaço.

8) Coloque as roupas íntimas em um saco, da forma mais aberta possível, sem “socá-las”. Assim o saco fica mais chato e cabe melhor na mala. Para sutiãs e biquínis com bojo, gire uma das partes e encaixe, formando uma peça única, para não amassar.

9) Vá encaixando os sacos com bijuterias, roupas íntimas e outros acessórios nos espaços vazios que ficam entre as roupas.

10) Evite colocar sapatos e roupas íntimas em sacos plásticos. Os ideais são os de tecido, TNT (tecido não-tecido) ou tule, que permitem que as peças “respirem”.

11) Os sapatos podem ser dispostos nas laterais da mala, formando uma espécie de “cerco” que ajuda a manter as roupas no lugar. No caso de tênis esportivos e outros sapatos maiores, colocar cada pé em um saco diferente ajuda a encaixá-los. Os sapatos também podem ser dispostos na divisória disponível na parte superior de muitas malas.

12) Meias podem ir dentro dos sapatos e meias-calças dentro das botas, para economizar espaço.

13) Hidratante, xampu, desodorante e outros produtos que podem vazar devem ser colocados em sacos plásticos dentro da nécessaire. Saquinhos de cozinha usados para vedar alimentos (com fecho dentado) são ótimos para isso.

14) Se quiser economizar espaço, leve xampu, hidratante e outros produtos em frascos pequenos de plástico, próprios para viagem.

15) Leve um saco de pano ou TNT para ir colocando a roupa suja durante a viagem. Coloque as peças dobradas, para que esse saco não fique muito grande e não ocupe tanto espaço na mala de volta.

Please rate this