Posts

Carnaval 2019 em Miami: 5 opções para você aproveitar

Por mais que a festa não seja tipicamente americana, há diversas opções para brasileiros curtirem o carnaval 2019 em Miami. Confira algumas dicas e planeje-se melhor.

O carnaval brasileiro é mundialmente famoso. A festa, que esse ano acontece no início de março (05/03 é a terça feira de carnaval em 2019), atrai tanto turistas do próprio país quanto estrangeiros e, entre eles, certamente brasileiros. Por conta disso, a demanda por passagens, hotéis e alimentação aumentam consideravelmente no período, inflando os preços.

Buscando fugir da lotação e do alto custo da viagem, muitas pessoas optam por aproveitar a data para visitar outros países – principalmente os mais próximos, como Argentina, Chile e Uruguai. Contudo, nem todos consideram que ir a Miami também pode ser uma opção interessante: por mais que o Carnaval costume passar em branco por lá, não faltam opções para aproveitar.

Se você quer fazer algo diferente e está pensando em passar carnaval 2019 em Miami,  continue lendo este post e confira algumas dicas para aproveitar sua viagem ao máximo.

O que fazer no Carnaval 2019 em Mimi

  1. Fazer um cruzeiro

Tanto Miami quanto a sua vizinha, Fort Lauderdale, têm portos com alta movimentação de cruzeiros turísticos. Além da beleza da própria região, a proximidade com as ilhas do Caribe é outro fator que a torna propícia para esse tipo de serviço.

cruzeiros saindo de miami

Isso significa que, quem quer aproveitar o carnaval 2019 em Miami para relaxar, tem a opção de passar alguns dias em alto mar. Quem pode esticar o feriadão um pouco mais pode embarcar no Symphony Of The Seas, da Royal Caribbean, e aproveitar as paisagens paradisíacas das Bahamas, tendo Miami como ponto de chegada e de partida. Também há a possibilidade de ficar a bordo do MSC Seaside e conhecer Porto Rico, as Ilhas Virgens Americanas, St. Maarten e as Bahamas. Ambos são cruzeiros de 8 dias e 7 noites.

Vale ressaltar que quem está interessado nessa opção deve garantir suas reservas o quanto antes: a pouco mais de um mês do feriado, a tendência é que as vagas se esgotem.

  1. Aproveite o feriado para fazer compras

Quem tem apenas o período do feriadão do carnaval 2019 para visitar Miami também tem opções interessantes. A principal delas é transformar a viagem em uma sessão de compras: como esta data não é feriado nos Estados Unidos, as lojas e outlets estarão funcionando normalmente.

Por mais que isso aconteça todos os anos, em 2019 há uma particularidade interessante para os fãs de compras em Miami: o carnaval será em março. Como esse mês é uma espécie de transição entre as coleções de inverno e de primavera, a tendência é que os estabelecimentos façam promoções para limpar o estoque antes de receber novas mercadorias. Por conta disso, é um bom momento para comprar itens de moda, como roupas, carteiras e bolsas. Para aproveitar melhor os descontos, vale a pena visitar outlets, como o Sawgrass Mills, e grandes lojas de departamentos, como a Macy’s.

  1. Comemore em Little Havana

Miami tem um bairro onde se ouve mais o espanhol que o inglês: Little Havana. Como o seu próprio nome diz, trata-se de um reduto de cubanos em plena Flórida, onde a cultura latina emana de todos os detalhes. Como em Cuba também há o costume de celebrar o carnaval, quem gosta das tradicionais festas de rua deve considerar uma visita pela vizinhança.

Nessa época do ano, a principal atração é o Calle Ocho Music Festival. Durante esse evento, músicos se apresentam nas ruas – prepare-se para dançar ritmos latinos, como a salsa e a rumba – e cozinheiros vendem pratos típicos para os passantes. Há até mesmo uma competição para ver quem consegue comer mais croquetes de uma vez só, o El Croquetazo.

carnaval little havana

Vale ressaltar que essa festa não é só para diversão: em meio à ela, há muitas iniciativas de caridade. Entre as causas defendidas, estão o financiamento de bolsas universitárias, ligas esportivas, acampamentos de verão e material escolar.

  1. Visite as baladas de Miami

Nos meses de março e abril, jovens universitários de todas as partes dos Estados Unidos invadem a Flórida. O motivo é o spring break, uma espécie de férias em miniatura, de uma semana, que tradicionalmente acontecem nessa época, com as datas exatas a critério de cada instituição. Normalmente, os estudantes aproveitam a oportunidade para viajar e se divertir antes de ter que se dedicar totalmente a suas provas finais.

Como isso é algo extremamente enraizado na cultura universitária americano, hotéis, casas de shows e baladas costumam se programar com antecedência, oferecendo pacotes e programações especiais para atendê-los. Apesar disso, se você está em busca de agito, nada impede que você também participe delas.

  1. Estique até os parques temáticos

A pouco mais de uma hora de avião de Miami, Orlando é o paraíso dos parques temáticos. Por conta disso, unir ambas as localidades em apenas uma viagem é algo comum entre turistas.

No carnaval 2019, há mais um motivo para se fazer isso: o Mardi Gras do parque Universal Studios. Além do tradicional desfile de carros alegóricos, inspirado na celebração típica de New Orleans, o público pode aproveitar shows de músicos como Macklemore, Pitbull e Sean Paul sem custo adicional.

Please rate this

Little Havana: conheça o bairro com sotaque latino em Miami

Little Havana é uma amostra da enorme influência dos imigrantes latinos – principalmente cubanos – em Miami. É um bairro com muito a se descobrir em termos de cultura!

Que os Estados Unidos são um país construído por imigrantes, quase todos sabem. Mas nem todos percebem a tremenda influência que essa convergência de culturas tem no país, inclusive em Miami.

A cidade atraiu imigrantes de todas as partes do mundo durante o século XX. Buscando trabalho e melhores condições de vida, a economia dinâmica da região lhes pareceu extremamente atraente.

No caso dos latino americanos, a proximidade com o Caribe tornou a localidade ainda mais interessante. Dentro deste grupo, pode-se dizer, tranquilamente, que os cubanos são os mais representativos. Sua presença é tão forte que moldou a paisagem e a arquitetura de um bairro por inteiro! Estamos falando de Little Havana, o bairro onde Miami tem sotaque latino. Confira as atrações que não podem estar fora da sua lista em sua próxima visita à cidade:

O que o bairro Little Havana tem de especial?

As décadas de 60 e 70, período de consolidação do regime de Fidel Castro, foram marcadas por emigração em massa de cubanos de seu país natal. Devido à economia dinâmica e à proximidade (Miami fica a menos de 100 km de Cuba via mar), a Flórida foi um destino óbvio para a maioria deles. Com o tempo, eles se concentraram na região que, hoje, é conhecida como Little Havana.

Há quem diga que o distrito nem sequer parece pertencer aos Estados Unidos. O espanhol está nas placas e na ponta da língua dos habitantes, que ainda fazem jus ao estilo de vida aberto e descontraído dos latinos. Os estabelecimentos tocam salsa e servem comida colorida e apimentada. É, realmente, um elo entre Cuba e Estados Unidos!

Ou seja: não espere as obras faraônicas ou as lojas de grife presentes nos demais bairros de Miami. O charme de Little Havana é outro!

little havana miami

Onde se hospedar para conhecer Little Havana?

Little Havana não é uma região hoteleira por excelência. Portanto, a localização mais estratégica para explorar a região é se hospedar a vizinha Downtown Miami, que fica perto de tudo e oferece excelentes opções de hospedagem, para todos os gostos e bolsos.

Além disso, Little Havana fica praticamente ao lado do Aeroporto Internacional de Miami. Se você tiver uma conexão longa na cidade e tem um temmpo sispom[ivel, é perfeitamente possível usar o tempo para descobrir a região próxima ao aeroporto. Dica: contrate um transfer para aproveitar seu tempo ao máximo!

Quais são as principais atrações de Little Havana?

Praticamente todas as atrações de Little Havana se concentram na Calle Ocho, que é a rua principal do bairro. Assim, um dia de passeio é suficiente para descobrir tudo que esta região tem a te oferecer. Confira algumas atrações que fazem o passeio valer a pena:

  • Calle Ocho Walk of Fame: você provavelmente já ouviu falar da Hollywood Walk of Fame, em Los Angeles. A Calle Ocho é a versão cubana, que homenageia vários artistas latinos.
  • Viernes Culturales: toda última sexta-feira do mês, a arte e a música tomam as ruas de Little Havana. São os Viernes Culturales (sextas culturais, em bom português), nos quais as galerias de arte são gratuitas e os músicos se apresentam nas ruas.
  • Plaza de la Cubanidad: a praça, apesar de pequena e simples, é muito importante para os habitantes do bairro. Ela tem um monumento que homenageia cubanos que naufragaram tentando chegar a Miami.
  • Bay of Pigs Museum: mesmo pequeno, este museu trata de um evento muito interessante da história cubana, a Invasão da Baía dos Porcos. É parada obrigatória para quem se interessa por história!
  • Tower Theater: hoje um edifício emblemático da região, o Tower Theater era o único cinema onde os filmes eram exibidos em espanhol. A visita é uma verdadeira viagem no tempo!
  • Parque Máximo Gómez: de arquitetura hispânica clássica, o parque é excelente para observar o estilo de vida da região. Ele também é conhecido como Domino Park, devido aos idosos que passam o tempo em partidas do jogo, típico de Cuba.
  • Casas noturnas: no quesito diversão, a opção em Little Havana não poderia ser outra além da salsa! Ao caminhar pelo bairro, você encontra uma série de estabelecimentos especializados no ritmo.

Restaurantes em Little Havana

Quando se trata de gastronomia, Little Havana tampouco deixa por menos! Confira alguns estabelecimentos clássicos e imperdíveis da região:

  • Versailles: o estabelecimento se autointitula “o restaurante cubano mais famoso do mundo”. E não é sem motivo! Desde que abriu as portas, em 1971, está sempre cheio, e oferece sabores típicos da ilha caribenha.
  • Sorveteria Azúcar: nada como um bom sorvete para apaziguar o calor de Miami! Na tradicional Azúcar, você encontra sabores que, por mais que sejam muito conhecidos no Brasil, são exóticos para os americanos, como o sorvete de goiaba ou café.
  • Ball & Chain: está é a melhor escolha para quem quer beliscar algo e ouvir um bom blues. O estabelecimento, aberto na década de 30, segue popular até hoje. É perfeito para beber alguma coisa e relaxar depois de um dia de passeio!

 

Please rate this