Cuidados na hora de organizar as malas após uma viagem de compras em Miami

Fazer compras em Miami se tornou um hábito muito comum entre brasileiros. Com pacotes de viagem cada vez mais acessíveis e uma grande diferença de preços e qualidade entre os produtos vendidos por lá, nada parece mais natural do que voltar com as malas cheias.

Mas como fazer para organizar a mala na hora da volta, de maneira que nenhuma compra estrague/quebre e também evite problemas com a alfândega? Para começar, é interessante conhecer um pouco das regras que são aplicadas pelas companhias aéreas e pela Receita Federal.Compras em Miami malas

O limite de volume e peso permitido pela maioria das companhias aéreas costuma ser duas malas, com peso de até 32 kg. Também é permitido levar um volume de mão, cujo peso varia de cinco a dez quilos – é importante confirmar esta informação com a sua companhia antes de planejar trazer umas comprinhas extras na bagagem de mão.

O mais complicado são os limites impostos pela alfândega. É difícil controlar, mas suas compras em Miami tecnicamente não podem ultrapassar o valor de 500 dólares. Para as compras no free shop dos aeroportos (quem resiste a uma passadinha nessas lojas que vendem produtos isentos de impostos?), é garantido uma quantia extra de 500 dólares.

Agora que você já conhece melhor as regras, veja algumas dicas para arrumar sua mala ao voltar de uma viagem de compras em Miami:

– Disponha toda a sua bagagem sobre a cama para não esquecer nada ou não achar alguma coisa depois das malas fechadas. Nesta hora, separe tudo o que vai para o saco a vácuo e o que é rígido.compras em Miami malas

– Tenha em mãos tesouras, balança, sacos zip e fita adesiva.

– Para diminuir o peso e maximizar o espaço, tire tudo das embalagens. Se as caixas contiverem informações ou instruções importantes, tire fotografias, e não se esqueça de guardar todos os manuais. Tire também as etiquetas e indicativo de preços das roupas, assim você mostra aos fiscais que não pretende revender os produtos.

– Coloque cremes, pomadas e tudo o que puder vazar em sacos zip.

-Acredite, sacos a vácuo são grandes aliados na economia de espaço. É só colocar tudo dentro do saco e utilizar um aspirador de pó para retirar todo o ar, deixando tudo super compacto.

– Evite utilizar malas grandonas tipo saco, as famosas malas de “sacoleiras“. Elas são difíceis de carregar, chamam atenção na alfândega e não oferecem proteção alguma às suas compras.

– Distribua bem o peso entre os seus volumes, mas mesmo assim pese cada uma de suas malas enquanto estiver organizando, pois precisar abrir a mala na hora do check in pode ser um verdadeiro pesadelo.

– Se você possuir itens que sejam muito caros e volumosos, o melhor é declarar os objetos para evitar pagar multas. O valor do imposto cobrado costuma ser 50% do valor do objeto – mesmo assim, em muitos casos, como no de eletrônicos, ainda assim compensa comprar em Miami e pagar o imposto.

Please rate this

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *