Butterfly World: sul da Flórida abriga o maior borboletário dos Estados Unidos

Butterfly World exibe borboletas de 150 espécies, típicas de todos os estados americanos. Além das borboletas em si, visitantes também podem observar aves exóticas.

Por mais que Miami seja, sem dúvidas, a grande estrela entre os turistas que visitam o sul da Flórida, também há muito a se fazer em seus arredores. Atualmente, cidades como Fort Lauderdale estão em alta justamente por oferecer uma opção para quem prefere roteiros alternativos, que fogem do comum.

Uma dessas atrações é um parque chamado Butterfly World. Localizado na cidade de Coconut Creek, está próximo das cidades de Boca Raton e Fort Lauderdale, e pode ser uma atração diferente e impressionante para um dia de suas férias. Confira, a seguir, algumas informações importantes a respeito do local:

O que é o Butterfly World?

O Butterfly World surgiu a partir de uma campanha: Bring Back the Butterflies (traga de volta as borboletas, em tradução livre). A ideia era criar um local focado na preservação de espécies de borboletas cujos habitats naturais estavam sendo destruídos, principalmente por agrotóxicos.

Deste modo, o centro, além de ponto turístico, é um local onde biólogos pesquisam a respeito desses seres. Uma das principais medidas adotadas é o cultivo de plantas de várias regiões dos Estados Unidos, para permitir a sobrevivência de borboletas características de todas as partes do país.

O resultado do trabalho foi a criação do maior borboletário do território americano. Atualmente, o local abriga cerca de 20 mil borboletas, de 150 espécies diferentes. Além disso, ele também é o lar de pássaros exóticos, como araras brasileiras e papagaios australianos. É, sem sombra de dúvidas, uma experiência de imersão na natureza e na vida selvagem.

O Butterfly World é para toda a família

A grande vantagem de visitar o Butterfly World é que o local oferece lazer para todas as faixas etárias: por US$ 1, as crianças recebem potes de comida, para que alimentem os pássaros de forma supervisionada pelos funcionários. Além disso, logo na chegada os visitantes passam por um laboratório, onde pode-se acompanhar o ciclo de vida das borboletas e aprender mais a respeito de cada etapa. Por fim, pessoas de todas as idades ficam encantadas ao caminhar pelas estufas e ver-se rodeadas por borboletas de todos os tamanhos e cores.

Vale ressaltar que pessoas que têm dificuldades de locomoção não terão a visita prejudicada. O parque é adaptado, e há a opção de alugar uma cadeira de rodas, de modo a tornar o passeio mais cômodo.

Do mesmo modo, o local conta com infraestrutura completa para atender aos visitantes. Há cafés, uma loja de lembranças e distribuição materiais informativos, para que os turistas saibam mais a respeito das diferentes espécies que o borboletário abriga, bem como algumas instruções para a visita – como não tocar as borboletas. Trata-se, portanto, de uma atração bastante democrática, que costuma agradar a todos.

 

Quais outros locais podem ser visitados no mesmo dia?

A única desvantagem da visita ao Butterfly World é que ele fica fora de mão e distante dos principais pontos turísticos da região. Assim, a melhor maneira de chegar até ele é com um carro alugado.

Além disso, vale a pena procurar por atrações próximas, para otimizar ao máximo o tempo da viagem. Felizmente, há algumas opções interessantes nas proximidades, tais como:

Tradewinds Park & Stables

Tecnicamente, o Butterfly World encontra-se dentro dos limites do parque Tradewinds. Porém, a maior parte da área do local está do outro lado da rua em relação ao borboletário.

Trata-se de um parque amplo, com playgrounds para crianças, estruturas de piquenique (é preciso fazer reserva e pagar um depósito), estábulos e um museu sobre a vida no campo. É uma boa opção para um descanso em um dia de sol, ou para entreter crianças. Ele está localizado na West Sample Road, número 3600.

Seminole Cassino Coconut Creek

A Flórida tem atrações turísticas para todos os gostos, inclusive cassinos. Um deles é o cassino Seminole, muito próximo ao Butterfly World. Este estabelecimento é especializado em caça-níqueis, e oferece várias delas em seu ambiente. Além disso, há uma steak house em suas instalações, que pode ser uma boa opção para um almoço e jantar. Ele está localizado na Northwest 40th Street, número 5550.

Shoppings nas proximidades

Para muitos, uma viagem aos Estados Unidos não está completa sem uma boa sessão de compras. A boa notícia é que há vários shoppings próximos ao Butterfly World, o que permite emendar o passeio com um banho de loja. Alguns dos locais próximos são:

  • Festival Marketplace (West Sample Road, 2900);
  • Promenade at Coconut Creek (Lyons Road, 4443);
  • Pepertree Plaza (West Sample Rd, 5438);
  • Walmart Supercenter (Turtle Creek Drive, 3801, em frente ao Cassino Seminole).

 

Please rate this

Porto e aeroporto de Fort Lauderdale são portas de entrada para o sul da Flórida

Tradicionalmente tido como mera alternativa a Miami, o porto e o aeroporto de Fort Lauderdale têm se tornado cada vez mais populares entre turistas que visitam a região.

Localizada a pouco mais de 30 quilômetros de Miami, Fort Lauderdale tem muito a oferecer. Apesar de menos conhecida que a cidade vizinha, a localidade também tem boas opções de hospedagem, compras, praias e entretenimento. Ainda assim, a fama de Miami, até pouco tempo atrás, a ofuscava.

Porém, dois fatores colaboraram para que a cidade ganhasse notoriedade: o porto, que serve como ponto de partida de diversos cruzeiros, e o aeroporto, tido como outra porta de entrada para quem visita o sul da Flórida. No caso deste último, há conexões diretas de diversas cidades brasileiras, como Campinas e Belém.

Pretende chegar ou sair da Flórida pelo Fort Lauderdale? Então confira algumas dicas:

  • Fort Lauderdale é mais que a porta de entrada para o Caribe

Bahamas, Jamaica, Cuba e Florida Keys. Essas são algumas das localidades que o turista pode visitar com um cruzeiro saindo de Port Everglades, em Fort Lauderdale. Algumas das empresas que operam estas rotas são Norwegian, MSC e Royal Caribbean.

Apesar de a região ser mais conhecida como uma porta de entrada para o Caribe, quem pretende seguir em direção ao norte também pode começar sua jornada de lá: tanto Royal Caribbean quanto Norwegian operam rotas que conectam Fort Lauderdale à cidade canadense de Québec. É um roteiro interessante para quem quer fugir do óbvio.

  • Chegar por Fort Lauderdale é ideal para quem vai embarcar em um cruzeiro

O Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale-Hollywood é bem menor e menos badalado que o de Miami. Mesmo assim, ele é a melhor opção de chegada para quem vai embarcar em um cruzeiro.

O motivo é simples: a maior parte deles sai de Port Everglades. Entre o porto e o aeroporto de Fort Lauderdale, há apenas cinco quilômetros de distância. Já quem chega de Miami tem que encarar um deslocamento de mais de trinta quilômetros em uma das cidades mais congestionadas do mundo.

onde ficar em fort lauderdal

  • Os táxis em Fort Lauderdale não são tabelados

Muitos aeroportos do mundo oferecem táxis tabelados para os passageiros. Há exemplos disso em terminais no próprio território americano: quem chega em Nova Iorque pelo aeroporto JFK paga preços fixos pelas corridas a determinados locais.

Acontece que, em Fort Lauderdale, não é esse o caso. No ponto de táxi há um banner com uma lista de preços, mas esses são apenas estimativas, e podem variar conforme o trânsito e o trajeto. Em 2015, uma corrida até a região de Miami Beach, em um táxi privado, custava ao redor de US$ 70. Quem optava pelo veículo compartilhado pagava aproximadamente US$ 21.

Uma dica é que quem pretende sair do terminal de táxi deve ter dinheiro trocado. Caso o passageiro esteja apenas com notas de alto valor, pode comprar algo dentro do aeroporto para receber valores menores. Desse jeito, o pagamento da corrida fica mais fácil.

  • O aeroporto de Fort Lauderdale não é tão pequeno quanto se imagina

Há quem pense no aeroporto de Fort Lauderdale como uma alternativa menos movimentada que o de Miami. Contudo, o alto potencial turístico da região o coloca entre os 50 mais movimentados do mundo.

Portanto, recomenda-se a quem vai embarcar que chegue com alguma antecedência, com tempo o suficiente para fazer o check in e despachar as malas. Afinal, assim como os cruzeiros, os voos não esperam.

  • É possível fazer a imigração “self service”

A passagem pela imigração americana é uma fonte de stress para muita gente, principalmente para quem visita o país pela primeira vez e/ou não domina o inglês. Muitos temem dar a impressão errada e serem mandados de volta para casa. A boa notícia é que, com uma passagem de volta e a comprovação de que o viajante conta com dinheiro suficiente para a estadia, as chances disso acontecer são mínimas.

Além disso, desde 2015, o aeroporto de Fort Lauderdale é um dos terminais que conta com um sistema especial, chamado Automated Passport Control (APC). Trata-se de um totem no qual o passageiro pode fazer a própria imigração, em uma espécie de self-service. Deste modo, dispensa-se o nervosismo da entrevista de entrada.

Há, porém, algumas restrições quanto ao uso. São elegíveis viajantes que preencham um dos seguintes requisitos:

  • Tenham visitado os Estados Unidos pelo menos uma vez desde 2008;
  • Contem com um visto do tipo B1 ou B2 (negócios ou lazer. A maioria dos brasileiros entra com um documento de lazer);
  • Ser residente permanente nos Estados Unidos;
  • Ter nacionalidade americana ou canadense;
  • Possuir uma autorização de viagem (ESTA);
  • Ter familiar que vive nos EUA, e comprovação de que o viajante se hospedará com ele.

Do contrário, é preciso se dirigir a um guichê de imigração tradicional.

Please rate this

Seaspise: o restaurante mais badalado e imperdível de Miami

Especializado em frutos do bar, o Seaspise tem vista para o mar e se tornou o queridinho dos turistas

Toda cidade tem os seus lugares ‘must go’ e Miami não é diferente. Com tantas opções gastronômicas incríveis para comer após os passeios, fica difícil eleger uma só, mas um dos queridinhos é o Seaspice, que fica à beira do rio Miami e é especializado em frutos do mar. Com vista para o mar, o restaurante se tornou o ponto de encontro de turistas e moradores da cidade, que marcam presença no local em busca de uma experiência gastronômica inesquecível.

Sua vista de encher os olhos conta ainda com um deck onde ficam estacionados barcos e iates que navegam pelos mares de Miami, combinação que faz do Seaspice um local elegante e descontraído. O charme do restaurante o tornou no preferido para a badalação na cidade, caindo no gosto dos turistas e da elite de Miami, que costuma chegar ali de barco e aproveita para ancorar seus iates no estabelecimento para aproveitar uma refeição inesquecível. Com ambiente bem decorado e aconchegante, o Seaspice é agradável tanto para o almoço quanto para o jantar – e para os brunchs, que são imperdíveis.

Agito em Miami

Além de um cardápio sofisticado, o restaurante oferece boa música e excelentes drinks, aguçando todos os sentidos de quem busca um momento inesquecível durante uma viagem à Miami. Inaugurado em dezembro de 2013 com investimento de cerca de U$ 5 milhões, o Seaspice começou como Seasalt and Pepper. Após passar por uma reformulação, reabriu as portas como Seaspice e vem conquistando o público. Localizado na North Drive de Miami, seu cardápio tem ênfase em frutos do mar e traz também pizzetas na entrada, massas finas de pizza com sal grosso que se tornaram as mais pedidas.

Nem só de boa comida é feito o Seaspice: a casa é famosa por suas tardes de domingo agitadas, quando às docas ficam pequenas para a quantidade de barcos que atracam por ali. Deixe sua reserva agendada, já que o restaurante tem recebido em média 4 mil pessoas por semana e vive lotado! Aos finais de semana, o brunch é animadíssimo e tem direito a uma balada bem agitada aos domingos. Com um DJ e megas garrafas de champagne para animar, prepare-se para ver muita gente bonita e descolada dançando e bebendo com uma vista de tirar o fôlego. Uma opção perfeita para aproveitar a vida noturna em Miami.

seaspice

O que pedir no Seaspice?

O Seaspice é um dos melhores lugares para comer peixe e frutos do mar em Miami.Seu cardápio tem ênfase em frutos do mar e traz também pizzetas na entrada, massas finas de pizza com sal grosso que se tornaram as mais pedidas. Experimente  também o pão do couvert, feito no forno à lenha com queijo parmesão polvilhado. A pizza de trufa também é uma deliciosa opção para a entrada.

Para as refeições, a caçarola “market seafood” é imperdível: trata-se de um grande cozido de lagosta, camarão, mexilhões, peixe branco, lulas e açafrão, que vem com um leve molho de tomate. Sugerido para duas pessoas, sua porção é tão grande que dá e sobra até para três. Tão lindo que até parece uma escultura, o prato de frutos do mar frescos dá água na boca e vai atrair sua atenção ao passar nas mesas ao lado. Se visitar Miami e der um pulo no Seaspice entre abril e maio, aproveite para pedir as patas gigantes de king crab, servidas em uma bandeja de gelo cozidas no vapor: macias e incrivelmente saborosas.

Os apaixonados por caviar também encontram os estrelados osetra e beluga. Para o prato principal, vá de black cod, bacalhau fresco de águas geladas que é a sensação da casa. Outra boa opção é o camarão ao molho de curry, intenso, com gosto marcante – pedida certa para os amantes da culinária indiana. O steak de carne também é bem servido e pode ser degustado por duas pessoas tranquilamente. As sobremesas também são deliciosas – prove o 3 Leches, um bolinho macio e molhado de leite, bem doce, com cobertura de frutas vermelhas e berries com bolinhas de chocolate branco.

Bebidas no Seaspice

Para acompanhar todas essas delícias típicas de Miami, o restaurante conta com uma carta de vinhos enxuta e eficiente, que oferece ainda uma seleção de rótulos premium. Com variedade de garrafas magnum, jeroboan, Mathuzalem de diversos rótulos, o cardápio chama a atenção e faz sucesso nas agitadas tardes de domingo.

Os drinks não deixam a desejar e o blueberry é delicioso. Entre as opções, estão mojito, bourbon, sangrias e drinks elaborados que levam até jalapeño, como o Yellow Tail. O prosecco também marca presença no Sparkling e o Bacardi, no Don Carlos. Tantas delícias levam um preço honesto: os drinks custam entre U$ 14 a U$ 18.

Como chegar no Seaspice em Miami

Localizado no 422 422 NW North River Dr, Miami, FL 33128, o Seaspice é de fácil acesso e está localizado às margens do Miami Driver. Para uma experiência de conforto e lazer completa, invista em um transfer com ar condicionado e motorista que fala português para esclarecer todas as suas dúvidas no caminho ao Seaspice, com segurança e comodidade. Aproveite apenas o melhor da cidade!

Please rate this

Miami é destino ideal para destination wedding; confira dicas de organização

A facilitação e o barateamento das viagens favorece os casais que sonham trocar seus votos em outro local. Miami é ótima opção para quem planeja um destination wedding.

Dizer o “sim” em um castelo, vinícola ou praia paradisíaca. Isso não apenas é possível, como, também, tem se tornado cada vez mais comum: são os destination weddings. Diversos fatores têm feito com que cada vez mais casais abrem mão da tradicional cerimônia na igreja, seguida de recepção e festa até o sol nascer. É possível embarcar em algo totalmente novo, literalmente!

Neste post, você confere algumas dicas a respeito, além de vantagens de realizar seu casamento em Miami.

O que é destination wedding?

Um destination wedding é mais do que celebrar um casamento em outra cidade ou país. Trata-se de uma ocasião na qual a cerimônia dura dias, durante os quais noivos e convidados fazem passeios e curtem o destino juntos.

Há muitas vantagens em optar por este tipo de casamento. A primeira é a flexibilidade: você pode ter o casamento que sempre sonhou, em um local que combine com a sua personalidade. Além disso, ao invés de uma festa de horas, ela dura dias! Trata-se, sem dúvida, de um enlace muito mais memorável.

Do mesmo modo, apesar do que muita gente pensa, um destination wedding não tem que custar uma fortuna. Estas cerimônias costumam ser mais íntimas por natureza: a lista de convidados não costuma ultrapassar 30 pessoas. Assim, o custo da comemoração pode ser equivalente ao de um casamento tradicional para 200 pessoas.

Como organizar um destination wedding?

Não basta escolher um destino perfeito: ele tem que ser viável. É importante que ele conte com uma boa estrutura turística e fornecedores legais que garantam que tudo ocorra em ordem no grande dia.

Se você não sabe por onde começar, pode procurar uma empresa especializada ou uma agência de turismo. Estes estabelecimentos te darão o caminho das pedras para que a organização seja impecável e o custo seja o mais baixo possível.

casamento em miami miami

Além disso, os preparativos devem começar com mais antecedência que em um casamento regular. O motivo não é só a distância do local da cerimônia, mas, também, a lista de convidados mais enxuta: o casal tem que ser seletivo e enviar um save the date com, no mínimo, seis meses de antecedência.

Também é importante definir como será o pagamento. Os noivos arcarão com tudo ou os convidados entrarão com uma parte do valor da viagem? Bata o martelo a respeito antes de enviar o save the date.

Por que fazer um destination wedding em Miami?

Apesar de ser possível realizar um destination wedding em praticamente qualquer lugar do mundo, Miami é uma cidade com perfil ideal para este tipo de celebração. Confira alguns dos motivos:

  • Ampla oferta de voos do Brasil para Miami

Miami é um dos destinos de férias favoritos dos brasileiros. Só em 2017, mais de 520 mil turistas desembarcaram na cidade.

Consequentemente, a quantidade de voos conectando Brasil e Miami é alta. É possível voar tanto com companhias nacionais quanto internacionais. Deste modo, o acesso até a cidade é fácil. A alta oferta de voos também faz com que o custo não seja exorbitante.

  • Belos wedding venues

Miami oferece muitos locais incríveis para a realização da cerimônia. As opções variam entre hotéis, clubes de campo e, claro, a faixa de areia das belas praias locais.

Caso os noivos optem por casar-se em um hotel, é possível conversar com a administração a respeito de descontos na hospedagem. Há estabelecimentos que oferecem créditos a noivos e convidados, que podem ser gastos em serviços de massagem, salão de beleza, bar e muito mais.

  • É uma cidade que atende a todos os gostos

Um destination wedding raramente consiste apenas da cerimônia. Ao longo da estadia, noivos e convidados realizam uma série de atividades juntos, como passeios turísticos. E, nisso, Miami reina: há praias, baladas, museus, jogos esportivos, compras… A cidade agrada facilmente os gostos de todos os convidados.

  • Diversas opções de hospedagem

Há locais verdadeiramente paradisíacos, com tudo para abrigar um casamento dos sonhos, mas que têm uma estrutura turística aquém do desejado. Isso, infelizmente, pode minar os planos dos noivos.

Felizmente, esse não é o caso de Miami. Como o turismo representa uma fatia importante da economia local, as opções de hospedagem e transporte são praticamente infinitas: há desde hotéis low cost e hostels a hotéis 5 estrelas, passando por resorts all inclusive.

  • É um bom ponto de partida para a lua de mel

Casar-se em outro país não te impede de ter uma lua de mel dos sonhos! Miami é um ponto de partida estratégico para uma viagem a dois: é possível embarcar para outros destinos românticos dentro dos Estados Unidos ou partir rumo ao Caribe, seja de avião ou a bordo de um cruzeiro. Novamente, as opções são infinitas!

Please rate this

6 atividades aquáticas em Miami para fugir do comum

Vá além dos passeios de barco em Miami: diversas empresas oferecem atividades aquáticas totalmente diferentes na cidade. Confira algumas das opções oferecidas.

As praias de Miami não são apenas belas: também são extensas. A grande faixa litorânea local é um fator que atrai boa parte dos turistas que visitam a cidade.

Esta particularidade torna os passeios em barco em Miami algo relativamente comum. Assim como os passeios aéreos, é uma excelente forma de ver a cidade sob uma perspectiva diferente, além de ouvir boas histórias sobre a região.

Agora, caso você seja o tipo de viajante que gosta de sair da rota comum, tampouco faltam opções. Há diversas empresas especializadas em esportes aquáticos na cidade, desde os mais calmos até aqueles que são pura adrenalina.

Neste post, você confere algumas das modalidades que você pode praticar, além de algumas empresas especializadas nelas.

  • Passeio de jet ski

O equilíbrio perfeito entre calmaria e adrenalina, passear de jet ski é uma das atividades turísticas mais tradicionais em cidades litorâneas.

Em Miami, não faltam opções para realizar este passeio. É possível optar por um percurso dentro da Biscayne Bay, observando o centro financeiro e zonas de mansões na cidade, ou saindo de Miami Beach, para um passeio em mar aberto, com vista da orla. A velocidade máxima pode chegar a 60 km/h.

Vale ressaltar que cada jet ski acomoda até duas pessoas, e que o piloto deve ter no mínimo 16 anos. Do mesmo modo, é preciso fazer um depósito de segurança para cobrir eventuais danos causados durante o passeio.

Normalmente, duas horas de passeio custa ao redor de US$ 230, incluindo o jet ski e o equipamento de segurança. Algumas das empresas que operam o passeio são a Miami Jet Ski e a Jetski Tours of Miami.

jet ski miami

  • Aluguel de iate

Viajantes que buscam calmaria e uma opção personalizada podem optar pelo aluguel de iate. Algumas empresas oferecem embarcações privadas, com capitão incluso. Ele faz um roteiro personalizado, conforme as preferências do grupo.

Além disso, é possível contratar pacotes diferenciados a bordo, como jantares corporativos, passeios a localidades próximas (como as Bahamas) e, até mesmo, festas de casamento em alto mar.

O valor do aluguel varia conforme a empresa, o barco e os serviços oferecidos. Um período de aluguel curto em uma embarcação mais simples, sem extras, pode custar menos de R$ 400. Vale ressaltar que, se o tempo estiver ruim, é provável que o passeio não aconteça.

Algumas empresas que operam o serviço são a Prime Luxury Rentals e a Yatch Charters in Miami. É preciso reservar a embarcação com antecedência.

  • Tubing

O tubing é uma das modalidades aquáticas mais simples que há. Por conta disso, costuma atrair iniciantes e pessoas que viajam com crianças.

Nela, os praticantes ficam acomodados em uma pequena embarcação conectada por um cabo a um jet ski, que navega em alta velocidade. Com isso, a embarcação anexa também desliza em alta velocidade sobre a água.

Fique atento às medidas de segurança: os participantes precisam ter no mínimo 8 anos de idade e precisam usar colete salva-vidas.

  • Ocean Rafting

O rafting é uma modalidade que normalmente é praticada em rios. Trata-se de navegar com um grupo em um bote inflável por um local de forte correnteza, como um rio.

Em Miami há uma empresa, a Miami Ocean Rafting, que operam uma versão adaptada do passeio: o Ocean Rafting. É usado um barco adaptado para proporcionar uma experiência análoga à do rafting tradicional, mas no mar. Dependendo do passeio, é possível incluir outras atividades no pacote, como snorkeling.

  • Flyboarding

Não tão popular quanto outros esportes aquáticos, o flyboarding é uma atividade para quem gosta de adrenalina. Nesta modalidade, o praticante usa um equipamento que fica conectado por uma mangueira a um jet ski. À medida que o veículo acelera, o praticante é impulsionado para cima, o que lhe dá a sensação de estar voando. Dependendo do nível de habilidade, do instrutor e dos equipamentos, é possível atingir até dez metros de altura.

  • Paddle boarding

O paddle boarding é outra modalidade apropriada para quem busca algo mais tranquilo. Nela, o praticante pode ficar em pé, sentado ou ajoelhado em cima de uma prancha de surf. Ele pode só remar ou praticar corrida com outros participantes.

Como a modalidade é simples, existem diversas empresas especializadas em Miami, como a Miami Beach Paddleboard, a BeachPaddle & Co e a Sailboards Miami. O paddle boarding é praticado em mar aberto, assim, a maioria delas está localizada em Miami Beach.

Please rate this

Hotéis 5 estrelas em Miami: 5 opções imperdíveis para os amantes do luxo

Quem gosta de luxo não se decepciona com Miami: a cidade oferece uma série de hospedagens 5 estrelas que unem requinte e uma excelente experiência.

Existem mais de 55 mil quartos de hotel disponíveis em Miami. Foi o que revelou uma pesquisa local a respeito do turismo internacional e doméstico na região. 40% das unidades estão em Miami Beach, a zona turística por excelência da cidade  – de acordo com a mesma pesquisa, é lá que 58% dos visitantes opta por se hospedar.

Os números impressionantes tornam Miami o quarto maior mercado hoteleiro dos Estados Unidos. Isto é excelente tanto para investidores quanto para turistas: há diversas opções de hospedagem pela cidade, para todos os gostos e bolsos. Quem visita a região encontra desde hostels a resorts all-inclusive, passando pelos tradicionais hotéis de categoria turística.

Se você não abre mão do luxo ou quer ter uma experiência de hospedagem totalmente diferente, os hotéis 5 estrelas em Miami são o que você procura. Muitos vão além da própria hospedagem: há estabelecimentos com bares, restaurantes, cassinos, spas, centros de convenção e até teatro.

São muitas opções, então, preparamos uma lista com 5 dos estabelecimentos do tipo mais famosos da cidade para te ajudar a escolher. Boa leitura e boa viagem!

The Setai

O The Setai é um hotel de inspiração moderna, inaugurado em 2005, na região de South Beach. Está ao lado da praia e próximo ao coração da vida noturna de Miami. Os quartos são de inspiração minimalista e alguns têm vista para o mar.

Além disso, o hotel é famoso por seu brunch de domingo, com champagne à vontade. Outra opção gastronômica interessante é o deck externo, onde o hóspede pode comer, beber e apreciar a vista do mar. Há, também, um spa que oferece serviços de estética, massagens e muito mais.

Este é um dos estabelecimentos com a diária mais alta da região: ela pode facilmente ultrapassar os R$ 2 mil. Apesar de salgado, o alto nível das instalações faz cada centavo valer a pena.

the setai hotel miami

InterContinental Miami

O InterContinental tem um perfil mais corporativo. Isso se dá principalmente por conta de sua localização: está em Downtown Miami, o centro de negócios da cidade.

Porém, esse perfil de hóspede é igualmente exigente, e, por isso, o estabelecimento não deixa a desejar. Os quartos são amplos, com vista para a baía de Key Biscayne. A localização é estratégica, nas proximidades do Bay Side.

Ao fazer a reserva, fique atento às convenções: o InterContinental recebe muitas, e elas costumam lotar o hotel. A diária fica ao redor de R$ 600.

Metropolitan Miami Beach

Entre todos os hotéis 5 estrelas em Miami, este é um dos melhor avaliados nos sites de reservas. Localizado em Miami Beach, ele está próximo de pontos de interesse como a Lincoln Road, o Centro de Convenções de Miami e, claro, a praia.

Além da qualidade da acomodação, o COMO é famoso por seu centro holístico de bem estar, que oferece uma série de serviços de spa. Além disso, ele tem um bar próprio, onde são promovidas noites de jazz. É possível realizar eventos em suas instalações.

As diárias ficam no valor padrão para um estabelecimento 5 estrelas, ao redor de R$ 1.200. Se for viajar na baixa temporada, fique atento: o COMO costuma criar ofertas bastante atrativas, que deixam o valor da hospedagem bem mais acessível.

Nobu Hotel Miami Beach

A maior parte dos turistas que visita Miami conhece o nome Nobu como o famoso e requintado restaurante japonês. O local é tão badalado que já recebeu celebridades como Jessica Simpson, Tara Reid, Naomi Campbell e Lance Armstrong.

Porém, nem todos sabem que, no mesmo local onde funciona o restaurante, há um hotel 5 estrelas. A decoração é o seu maior diferencial: todos os elementos têm referências asiáticas, em consonância com a proposta do restaurante anexo. Com isso, os quartos têm um visual totalmente diferente do típico de Miami.

O estabelecimento também é conhecido por seu centro de bem estar. Os serviços incluem hidroterapia, saunas e uma sala de relaxamento com ampla vista para o mar. As diárias ficam ao redor de R$ 1.100.

nobu hotel em miami

Faena Hotel Miami Beach

O Faena reflete bem a atmosfera de Miami: sua decoração tem forte inspiração latino americana, com muitas cores e elementos vibrantes. Além de hospedagem do mais alto nível, o hotel conta com o Faena Theater, que abriga eventos culturais periodicamente.

Os ingressos são pagos à parte e devem ser reservados com antecedência.

Como em qualquer hotel 5 estrelas em Miami, sua localização é privilegiada: ele está no coração de Miami Beach, à beira mar e próximo ao Miami Beach Boardwalk. Além disso, ele conta com nada menos do que sete bares e restaurantes das mais diversas inspirações, como parilla argentina, comida asiática e coquetelaria moderna. A diária custa ao redor de R$ 1,2 mil.

Please rate this

O que fazer em Naples: reduto de aposentados na Flórida é ideal para quem busca calmaria nas férias

Localizada a cerca de duas horas de Miami, Naples é uma excelente opção para quem quer aproveitar a praia e fazer compras com mais tranquilidade. Confira dicas sobre a cidade.

Nem só de Miami vivem os turistas que visitam a Flórida: o Sunshine State é repleto de cidades e atrações que enchem os olhos de visitantes dos mais variados perfis. Há quem prefira fugir do movimento de lá para se refugiar em regiões mais calmas.

Naples é uma delas. A pouco mais de duas horas de Miami, a localidade é charmosa, tranquila e excelente tanto para um bate e volta, quanto para passar um dia ou dois. Confira nossas dicas sobre a cidade:

Sobre Naples

De acordo com o United States Census Bureau, Naples tem 19.537 habitantes e quase 18 mil residências espalhadas por um território de 42,5 km². Destes, 10,7 km² são cobertos de água.

A cidade é famosa por seu centro histórico, cuja arquitetura, elegante e bem conservada, lembra as cidades europeias. Além disso, a localidade é reduto de aposentados de todas as partes dos Estados Unidos, que escolhem moram em Naples para ter mais tranquilidade e qualidade de vida. Por conta disso, a calmaria impera na cidade.

Como chegar a Naples?

Como se Naples já não fosse charmosa o suficiente, chegar lá a partir de Miami é um passeio por si só. O turista tem duas opções de rodovias: a I-75 e a Route 41. Ambas cortam os Everglades, uma das reservas ecológicas mais importantes dos Estados Unidos.

A Route 41 é a rodovia ideal para quem quer ver a vida selvagem de perto: há inúmeros parques e pontos de parada ao longo do caminho, assim como reservas indígenas. Por conta disso, a rodovia é de pista simples e, o limite de velocidade, mais baixo.

Já a I-75 não privilegia tanto a visão da natureza, mas, em compensação, é duplicada e tem um limite de velocidade mais alto, o que permite que você chegue a seu destino mais rápido.

A escolha deve ser feita conforme a sua preferência: se quiser aproveitar para ver os Everglades, vá de Route 41. Se fizer questão de chegar mais rápido, vá de I-75.

O que fazer em Naples?

As atrações de Naples são suficientes para ocupar um dia ou dois do seu roteiro. Do mesmo modo, é possível alugar um carro e fazer um bate-e-volta na localidade. Confira alguns de seus pontos de interesse:

Aproveitar a praia

As praias da Flórida são famosas em todo o mundo pela areia branca e as águas azul turquesa. O litoral de Naples não é diferente: a cidade é banhada pelo Golfo do México, que empresta à cidade a beleza das praias mexicanas. Isso torna localidade uma excelente opção para quem quer apenas relaxar na areia ou tomar banho de mar. Há coletes salva-vidas e duchas disponíveis para banhistas na região do píer.

Passeios e esportes aquáticos

O mar calmo de Naples torna a cidade um reduto dos entusiastas de esportes aquáticos. Por conta disso, há uma série de empresas do ramo atuando na cidade. É possível fazer windsurf, andar de jet ski e muito mais. Do mesmo modo, é comum ver locais pescando no píer. Isto torna a localidade um ótimo destino para os entusiastas da atividade.

Compras

Além de tudo isso, Naples oferece uma experiência de compras diferente de Miami. Ao invés de uma ampla seleção de shoppings e outlets, a cidade oferece mais lojas de rua, principalmente na 5th Avenue.

Porém, isso não significa que a cidade não tem shoppings. Um dos principais da região, o Coastland Center,  tem uma série de lojas muito apreciadas por brasileiros, como Victoria’s Secret, Abercrombie & Fitch, Macy’s e Forever 21.

naples zoo

Naples Zoo

O zoológico de Naples é uma excelente opção de passeio, principalmente para quem estiver com crianças. Considerado um dos melhores dos Estados Unidos, abriga leões, girafas, ursos e muito mais. Ele abre todos os días da semana, das 9h da manhã às 17h. O ingresso custa US$ 22,95 para adultos e US$ 14,95 para crianças. O estacionamento é gratuito.

Ver o pôr-do-sol no pier

Para arrematar o dia, você pode conferir o impressionante pôr-do-sol no pier de Naples. Chegue cedo, pegue um bom lugar e aprecie o espetáculo!

Onde se hospedar em Naples?

Por mais que Naples seja uma excelente opção de bate-e-volta a partir de Miami, há quem prefira passar uma noite por lá para aproveitar a cidade ao máximo. A cidade tem uma boa rede hoteleira, assim, opções de hospedagem não faltam. O ideal é ficar próximo da 5th Avenue, que é repleta de opções de lojas e restaurantes.

A maior parte dos estabelecimentos locais têm diárias de valor mediano. No Holiday Inn Express, por exemplo, elas ficam em torno de R$ 350. Além disso, ele fica próximo à 5th Avenue e sua localização é estratégica. O Lemon Tree Inn fica muito próximo dele e os valores das diárias são semelhantes.

Ainda assim, há opções para quem quer mais luxo. O The Escalante, na 5th Avenue, tem diárias que passam R$ 1 mil. O The Inn on the Fifth, que fica bem próximo, está na mesma faixa de preço.

Please rate this

Roteiros para fugir do turismo óbvio em Miami

Paraíso das compras e das praias, Miami tem muito mais a oferecer no quesito turismo e atrações culturais

Só em 2016,  quase 1,7 milhão de turistas brasileiros visitaram os Estados Unidos, e 56% desembarcaram na Flórida. Um dos destinos mais visitados dos turistas do Brasil, a cidade oferece passeios para todo tipo de viajante e para toda a família, como o Miami Seaquarium, um dos aquários mais famosos dos Estados Unidos. Em terceiro lugar na lista dos turistas que mais gastam nos EUA, atrás apenas de britânicos e japoneses, segundo o Departamento de Comércio americano, os brasileiros não se importam em abrir o bolso se o roteiro turístico for interessante, e isso inclui opções gastronômicas e culturais.

Conhecida por seus outlets, shoppings e lojas que fazem da cidade o lugar perfeito para as compras, Miami também é um prato cheio para quem viaja em busca de opções alternativas de turismo. Quem já andou pelas praias paradisíacas e pela noite da cidade e busca outros passeios além das praias de Miami Beach, South Beach ou Ocean Drive pode colocar o passaporte (e o visto, obrigatórios nas visitas aos EUA) na mala e preparar a próxima viagem à Miami, pois o que não faltam são roteiros que fujam do turismo óbvio – que vão desde museus, parques e até aulas de salsa.

Atrações diferentes em Miami: turismo além das lojas

Memorial do Holocausto

Com uma das maiores populações de sobreviventes do Holocausto nos Estados Unidos, o sul da Flórida é um símbolo de resistência histórica e cultural. Um dos passeios para refletir, aprender e repensar a história da humanidade é no Memorial do Holocausto (Holocaust Memorial), localizado em Miami Beach. Inaugurado no início dos anos 90, o memorial traz a forte e rica influência cultural judaica dos sobreviventes que vivem em Miami com esculturas, jardins e até muros com homenagens que pregam a reflexão e o respeito às diferentes etnias. Um passeio que deve ser feito com calma, com algumas horas extras para repensar e a mente e o coração abertos.

Memorial do Holocausto

Antigo mosteiro espanhol em Miami – um quebra-cabeças gigante

Um dos prédios mais antigos do hemisfério oeste, o monastério de St. Bernard de Clairvaux é uma relíquia a céu aberto em Miami. Fruto de uma “recordação” de viagem de William Randolph Hearst, que levou peças da construção da Segóvia, na Espanha, para Miami, em 1952 a construção começou a ser erguida pedra por pedra ao norte da cidade – e muitas dessas pedras devem ter ficado de fora desse gigante quebra-cabeças. Um verdadeiro pedaço da Espanha em Miami, o local conta com um claustro, jardins e a a igreja St. Bernard de Clairvaux em um mosteiro tipicamente espanhol rodeado por uma selva tropical que remete a um cenário hollywoodiano. Localizado no norte de Miami Beach, a entrada para o  monastério de St. Bernard de Clairvaux custa oito dólares por adulto e quatro por criança.

Fairchild Tropical Botanic Garden: o jardim botânico de Miami

O clima tropical de Miami, adorado pelos brasileiros, é a estrela do Fairchild Tropical Botanic Garden. Esse jardim botânico chama a atenção com sua vegetação e flora cheios de vida com lindas paisagens de cores incríveis para quem quer relaxar das compras em Miami. O passeio é ideal para quem ama estar perto da natureza e quer se cercar de ar puro. No valor de 25 dólares por pessoa – que inclui ainda um tour guiado – é possível descobrir mais sobre a preservação de animais e conferir mais de 3.500 espécies de plantas, algumas ameaçadas de extinção, em Old Cutler Rd, Miami, FL 33156. Menores de cinco anos não pagam e maiores de 65 anos pagam só 18 dólares pela entrada.

Art Deco District em Miami

A mistura perfeita de tradição e contemporaneidade faz do Art Deco de Miami Beach uma das regiões mais imperdíveis para quem busca roteiros de turismo diferentes na cidade. Trata-se de uma área cheia de atrações chamada de Old Miami Beach Historic District com mais de 900 prédios e espaços históricos construídos em sua maioria entre os anos 20 e 40 do século XX. Com o estilo da época, os empreendimentos são uma mistura de cores, formatos e curvas elegantes com janelas redondas e calçadas com piso de granito. As Walorf Towers contam com uma torre de vidro que remete a um farol, e no Art Deco Welcome Center possível comprar livros e outros objetos de decoração do local.

No número 1116 da Ocean Drive, dê uma passada na mansão mais famosa da cidade, a do estilista italiano Gianni Versace, que foi assassinado bem na escadaria da casa. Hoteis famosos como o Delano Hotel e o Sagamore serviram de cenário de diversos filmes e podem ser vistos de perto com uma parada estratégica na Lincoln Road para provar os restaurantes da região. Com diversos atrativos, o Art Deco District é um verdadeiro museu a céu aberto que merece uma visita com a câmera fotográfica a tiracolo –  e a noite fica ainda mais lindo, com uma iluminação que favorece os empreendimentos históricos.

Cada vez mais, as atrações de Miami têm sido reforçadas com aberturas de museus e passeios turísticos que apostam em diversidade de gêneros e culturas. A política de “ “cidade aberta” e com a cultura como sua marca registrada tem reinventado a região e feito a cabeça de turistas do mundo inteiro para a ensolarada Miami que traz a combinação perfeita de turismo, praias e lojas que os brasileiros tanto amam. Vale a pena conferir!

Please rate this

Voar sobre Miami: passeio permite que você veja a cidade sob uma perspectiva única

Voar sobre Miami é uma forma totalmente diferente de ver a cidade em terra firme. Confira diferentes modalidades de passeios e escolha o que mais te agrada!

Qualquer um que vem para Miami pode conhecer locais icônicos como o litoral de South Beach, a Ocean Drive e os canais da cidade vizinha, Fort Lauderdale. Contudo, poucas pessoas optam por sobrevoar a cidade e ter uma experiência única.

Normalmente, este tour é popular em locais com grandes belezas naturais, como o Grand Canyon. Porém, algumas cidades também têm seu charme quando vistas de cima – é o caso de Miami, cujas praias e ruas ficam ainda mais incríveis quando do alto.

Interessou? Saiba que há várias empresas turísticas especializadas em voos sobre a cidade, oferecendo passeios de vários tipos, para que você escolha o que oferece exatamente o que você procura. Confira, neste post, algumas informações importantes sobre os voar em Miami, como reservar e como escolher:

Quais são as principais opções de voos sobre Miami?

Apesar da quantidade de empresas que oferecem o serviço, alguns aspectos dos voos sobre Miami são quase sempre os mesmos. Um deles é a duração: todos giram ao redor de 40 a 60 minutos. Do mesmo modo, todos eles voam mais baixo que as aeronaves comerciais, permitindo ver os pontos mais icônicos da cidade em detalhes.

Além disso, as aeronaves são projetadas para que o turista desfrute ao máximo da experiência. Elas têm janelas grandes, para que o passageiro aprecie mais a vista, e fones de ouvido, para que o piloto faça observações e indiquem o que os passageiros estão vendo.

voar sobre miami

Apesar disso, há algumas variáveis nos voos que merecem a sua atenção.

Voar sobre Miami durante o pôr do sol

Já pensou em ver o sol se pôr sobre o mar impecável de Miami, de uma posição privilegiada e tirando fotos únicas? Isto é possível: há empresas que oferecem este tipo de tour aéreo. Ele decola em horário estratégico, para que os passageiros estejam em uma região adequada para apreciar o pôr do sol nas incríveis praias da Flórida do alto.

Atenção: devido às alterações na duração do dia ao longo do ano, os horários de decolagem variam. O passageiro deve estar no local na hora indicada pela empresa que lhe vendeu o passeio.

Do mesmo modo, é preciso ter em mente que este é um passeio especializado, que não é operado por todas as empresas. Portanto, espere pagar um valor mais alto em comparação com o de um voo regular.

Voos privados e coletivos

Do mesmo modo, o passageiro pode optar por ter a aeronave completamente para ele ou para seus acompanhantes. Mas, esteja preparado: isto tem seu preço! Um voo privado pode custar o dobro de um voo compartilhado com outras pessoas.

Caso você opte por um passeio compartilhado, tenha em mente que a empresa se reserva o direito de ter um mínimo de pessoas para que a decolagem realmente aconteça. Para evitar contratempos, pergunte a respeito disso no ato da reserva. Condições metereológicas desfavoráveis também podem causar o cancelamento, por motivos de segurança.

Passeios de helicóptero

Além de aviões, há empresas que operam voos sobre Miami de helicóptero. Contudo, esta opção tem sido cada vez menos escolhida pelos turistas: os aviões, mais espaçosos, estáveis e menos barulhentos, são uma opção muito mais confortável.

voar de helicoptero em miami

De onde saem estes passeios?

Apesar de também serem operados em aviões, os voos turísticos sobre Miami não decolam do Aeroporto Internacional de Miami, pelo qual os turistas costumam chegar: estes passeios costumam sair de aeroportos menores, principalmente o North Perry Airport.

Fique atento: alguns passeios incluem transporte até o local e outros não. Alguns, ainda, o fazem mediante uma taxa adicional. Você pode, ainda, contratar previamente uma empresa especializada em traslados em Miami para te levar ao ponto de encontro.

Quanto custa voar sobre Miami?

O preço de um voo em Miami depende de vários fatores: passeios na alta temporada costumam ser mais caros que em baixa, um voo compartilhado é mais barato que um voo privado e passeios específicos (como um ao pôr do sol) são mais caros que os generalistas, que simplesmente sobrevoam a cidade. De modo geral, os preços ficam entre 80 e 160 dólares por pessoa.

Tenha em mente que há várias empresas que oferecem o serviço. Portanto, pesquise e negocie sempre!

Quais cuidados tomar ao reservar?

Para evitar contratempos e não arriscar sua segurança, não reserve um passeio antes de pesquisar a respeito das empresas que oferecem o serviço. Procure fotos das aeronaves, veja seu estado e, se puder, converse com pessoas que fizeram o passeio antes de você.

Além disso, fique atento às condições climáticas: caso elas não sejam favoráveis, a empresa tem o direito de cancelá-lo. Neste caso, é bom conhecer as condições de cancelamento antes de fazer a reserva.

Please rate this

Cruzeiros saindo de Miami são opção para encerrar férias com chave de ouro; veja dicas

Os cruzeiros saindo de Miami são uma forma de o turista aproveitar um dos muitos atrativos da cidade: a proximidade com as praias paradisíacas do Caribe. Veja algumas opções.

Compras, atividades culturais e passeios turísticos. Visitar Miami é, sem dúvidas, recompensador, mas também pode ser muito cansativo! O que poucos sabem é que, graças à localização estratégica da cidade (as Bahamas estão e menos de 300 quilômetros de distância, e Cuba, a menos de 100) é possível arrematar as férias relaxando à beira do paradisíaco mar do Caribe.

Como? Simples: há vários cruzeiros saindo de Miami e região que proporcionam ao viajante momentos de relaxamento em alto mar e nas ilhas caribenhas após dias de agito na cidade mais badalada da Flórida. Neste post, você confere algumas dicas importantes e opções de cruzeiros saindo da região para se organizar e ter as férias dos seus sonhos. Veja:

Vantagens de fazer um cruzeiro saindo de Miami

Depois de alguns dias explorando Miami, não há nada mais compreensível que sentir-se cansado. A cidade tem tanto a oferecer que o turista pode chegar a ficar perdido! Portanto, encerrar as férias com um cruzeiro relaxante é uma ótima pedida.

A grande vantagem disso é que, depois de dias atribulados, o viajante não tem que pensar em absolutamente nada. Além de o transporte e acomodação estarem garantidos, as operadoras normalmente incluem passeios e transfers ao longo das paradas. Ao passageiro, cabe aproveitar a experiência!

Do mesmo modo, as embarcações são completas e incluem tudo o que você precisa. Restaurantes, piscina, eventos culturais e até mesmo consultório médico são instalações básicas em qualquer navio.

Cruzeiros saindo de Miami: quais são as principais opções?

Decidiu investir em alguns dias relaxando em alto mar? Excelente! Saiba que há diversas empresas que oferecem cruzeiros saindo de Miami e cidades vizinhas, como Fort Lauderdale. Assim, você com certeza encontrará algo no perfil que você procura! Confira algumas das principais opções:

Cruzeiros Royal Caribbean saindo de Fort Lauderdale

Como o seu próprio nome diz, a Royal Caribbean é uma empresa especializada em rotas para o Caribe. Elas, em sua maioria, incluem 4 noites em alto mar e passam pelas Bahamas – atualmente, o viajante pode tanto optar por uma rota que passe apenas por elas quanto outra que inclui Key West, no extremo sul da Flórida. Ambas são operadas pela embarcação Majesty of the Seas, que tem tanto cabines internas quanto de frente para o mar.

O grande destaque da empresa é a ilha CocoCay, que é de propriedade da Royal Caribbean. Assim, só é frequentada por passageiros de seus cruzeiros.

As rotas partem do porto de Fort Lauderdale, cidade vizinha a Miami. Há duas saídas previstas ainda para 2018.

Cruzeiros MSC saindo de Miami

A gigante italiana dos cruzeiros opera no mundo inteiro, mas se aproveita da localização estratégica da Flórida para operar rotas a partir de cidades costeiras da região. Enquanto a especialidade da Royal Caribbean são as Bahamas, a MSC opera rotas para mais ilhas: a partir dos Estados Unidos, o passageiro pode embarcar para a Jamaica, Cuba e Antilhas.

Além disso, os cruzeiros da MSC são mais longos, de 8 dias e 7 noites. O ponto inicial e final das rotas – operadas pela embarcação MSC Seaside – é o próprio porto de Miami. É possível parcelar em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito no site da empresa.

Cruzeiros de um dia saindo de Miami

Caso você não tenha tempo de fazer um cruzeiro mais longo, ou prefira ter mais tempo para aproveitar as atrações de Miami, pode fazer os cruzeiros relâmpago que saem da região.

Alguns permitem que você faça um bate-e-volta para as Bahamas, saindo de Miami de manhã cedo e retornando à noite. Outros, ainda, oferecem uma ou duas noites na ilha caribenha antes do retorno.

Neste caso, ao invés de um navio de cruzeiro regular, a empresa embarca os passageiros em uma espécie de ferry boat, com velocidade acima do normal, que permite a travessia do mar em menos tempo. Algumas empresas que oferecem o serviço são a FRS Caribbean e a Mover Experience.

Como se organizar para o cruzeiro?

Para evitar contratempos, o ideal é reservar o cruzeiro com antecedência, antes mesmo de sair do Brasil. Você pode fazê-lo por conta própria ou através de uma agência de viagens de confiança.

Um dos principais pontos que merecem atenção é a data de suas férias: o Caribe tem uma temporada de furacões, que vai de junho a meados de outubro. Portanto, as operadoras evitam rotas pela região nesta época do ano.

Além disso, vale ressaltar que os cruzeiros são pontuais na partida. Quem não chega ao porto no horário estipulado, não embarca! Portanto, além de reservá-lo é importante contar com um meio de transporte confiável, que te deixe no porto no horário.

Existem diversos tipos de transporte em Miami como taxi, uber, transporte público por trem e ônibus e também transfers em Miami e região, como para o porto de Fort Lauderdale, de onde saem muitos desses cruzeiros, além do porto de Miami, é claro. Na hora de contratar a melhor solução, é preciso levar em conta não apenas o preço, mas também a experiência, a responsabilidade e a pontualidade dos serviços, além do conforto para os passageiros e sua bagagem. O mais indicado, nessas situações, é contar com serviços de transfer para brasileiros em Miami preferencialmente com motoristas e guias brasileiros que também prestam ajuda dando informações valiosas sobre as melhores operadoras e horários de cruzeiros, documentação necessária, melhores hotéis em Miami e restaurantes e lojas para fazer compras em Miami.

A Eagle Tour Miami oferece serviços de transfer para Miami e região. Nossas vans são confortáveis e espaçosas, com todo o espaço para os passageiros e suas bagagens. Além disso, nossos motoristas são brasileiros e prontos para te ajudar em qualquer situação. Entre em contato conosco e conheça nossos serviços!

Please rate this