Melhores lojas de Miami para comprar material escolar

Comprar material escolar nos Estados Unidos é uma excelente opção para diminuir uma das principais despesas do início do ano. Confira quais são as melhores lojas de Miami.

IPVA, presentes de Natal, colônia de férias para os pequenos… Os primeiros meses do ano são, reconhecidamente, aqueles em que o orçamento das famílias fica mais apertado. Com isso, todos procuram oportunidades para cortar gastos e aliviar o sufoco.

Se você vai passar as férias ou o Carnaval em Miami, tem a chance de diminuir consideravelmente uma das principais despesas da época: o material escolar dos filhos. Por mais que você tenha que comprar livros didáticos no Brasil, itens como estojo, mochila e cadernos podem ser tranquilamente adquiridos no exterior. E o melhor: com excelentes preços.

Assim como em relação a outros tipos de produtos, em Miami você encontra as melhores lojas para comprar também material escolar com muitas vantagens.

Por que comprar material escolar em Miami?

Os preços em conta são, indiscutivelmente, o que vem à cabeça das pessoas quando elas pensam em fazer compras em Miami. Mesmo em tempos de dólar valorizado, os preços baixíssimos que os comerciantes praticam por aqui garantem a economia do turista brasileiro.

Entretanto, há outra vantagem importante em comparação às lojas nacionais: a variedade. Há inúmeras redes de lojas especializadas em material de escritório, com um mix de produtos muito superior às lojas do Brasil.

Além disso, há marcas que não são comercializadas no Brasil. Muitas são excelentes e têm produtos de qualidade superior, disponíveis por preços atrativos, como as das próprias lojas.

comprar material escolar em miami

Melhores lojas para comprar material escolar em Miami

Miami é, tradicionalmente, um destino de compras. Por mais que a maioria dos turistas prefira comprar roupas e acessórios nos inúmeros shoppings e outlets da cidade, tampouco faltam opções para quem está em busca de material escolar.

Preparamos uma seleção das melhores lojas de Miami para comprar material escolar em Miami, em localizações estratégicas para o turista. Confira:

Staples

Quem já conhece, sabe que a Staples é uma das melhores lojas de Miami e que praticamente dispensa apresentações. Ela é simplesmente a maior rede de venda de materiais de escritório do mundo. A marca tem uma grande rede de lojas nos Estados Unidos, inclusive em Miami.

Nela, o cliente encontra diversos itens para escritórios, incluindo produtos de limpeza e até eletrônicos, como notebooks e roteadores. Quando se trata de material escolar, é possível encontrar de tudo: desde itens de papelaria a mochilas. Há várias opções de cadernos, estojos e agendas com personagens infantis, para as crianças pequenas, e mais neutros, para adolescentes.

As unidades da loja mais bem localizadas para os turistas estão no distrito de Wynwood, na 2121 Biscayne Boulevard, próximo à famosa atração Wynwood Walls e na Carter Square, próximo ao aeroporto.

Office Depot

A Office Depot é outra loja gigante do setor de materiais de escritório, presente nos quatro cantos dos Estados Unidos.

Por ser concorrente direta da Staples, tem um mix de produtos semelhante. A diferença está no fato de que ela se dedica mais aos itens de escritório, assim, é um bom lugar para comprar itens como agendas, blocos de notas, etiquetas de identificação para materiais, pastas arquivo para organizar folhas de papel, etc.

As lojas mais convenientes para o turista são as de Miami Beach (1771 West Avenue), a que fica dentro do Dolphin Mall (10630 NW 19th Street) e a que fica praticamente ao lado do Aeroporto Internacional de Miami (3600 NW LeJeune Road).

Walmart

O Walmart dispensa apresentações para os brasileiros. Contudo, as unidades americanas funcionam de um modo um pouco diferente das brasileiras: são um híbrido entre supermercado e lojas de departamento.

Por esta razão, a oferta de material escolar é imensa: no Walmart é possível comprar cadernos, lápis, agendas, mochilas, lancheiras, além de itens de vestuário para os pequenos irem à escola, como meias e sapatos, tudo por um preço justo.

Procure sempre um Walmart Supercenter, já que os Neighborhood Markets são menores e têm menos opções. Há uma loja muito próxima ao Mall of the Americas, no endereço 9191 West Flagler Street, excelente opção para quem já vai fazer compras nesse shopping. Outra unidade conveniente é a que fica ao lado do Westland Mall, na 9300 Northwest 77th Avenue.

Target

Muito semelhante ao Walmart, na Target você também contra de tudo: cadernos, canetas, tintas, lápis de cor, etc. A loja chega a vender até malas de viagem, assim, você não terá dificuldades para encontrar mochilas – de costas ou de rodinhas – por um bom preço, para crianças de todas as idades.

As ljas Target mais cômodas para turistas são a localizada no distrito de Wynwood, próxima à Staples (3401 North Miami Avenue) e a que fica próxima ao famoso Dadeland Mall (8350 South Dixie Highway).

Michael’s

Apesar de também vender material escolar, a Michael’s é uma loja com uma proposta diferente das anteriores: se dedica mais à venda de itens para artesanato, oferecendo, até mesmo, aulas. Por esta razão, é uma das melhores lojas de Miami para comprar materiais para aulas de arte, como lápis de cor, de desenho, tintas, pincéis etc.

Há uma unidade dentro do Palm Springs Mile, próxima ao Westland Mall, no endereço 500 West 49th Street. Há, também, uma loja ao lado do shopping Sawgrass Mills, no endereço 12200 West Sunrise Boulevard.

Então já sabe. Se você estiver passando uns dias na Florida nestes dias que antecedem a volta às aulas, aproveite para comprar material escolar nas melhores lojas de Miami. Assim você já faz uma boa economia e aproveita para levar mais outras lembranças.

Passagens baratas para Miami: 6 dicas fundamentais

Encontrar tarifas aéreas em conta é quase uma arte. Há várias técnicas que você pode usar para encontrar passagens baratas para Miami e aproveitar mais suas férias.

Como já contamos recentemente, a oferta de voos Brasil-Miami está cada vez mais alta. As companhias locais têm investido cada vez mais em novas rotas, inclusive a partir de cidades no interior.

Esta é uma notícia excelente para quem quer fazer uma viagem mais econômica: mais oferta significa que a tendência é que haja cada vez mais passagens baratas para Miami.

Mas você não precisa ficar dependendo das companhias aéreas para economizar nos voos para Miami: há várias técnicas fáceis para aumentar as chances de fazer um excelente negócio e ter um dinheiro a mais para fazer compras ou conhecer lugares novos. Confira:

Não compre suas passagens para Miami com tanta antecedência

Quando se trata da compra de passagens aéreas, há uma crença popular de que quanto antes, melhor. Muita gente pensa que as operadoras sobem os preços à medida que o voo se aproxima.

Acontece que não é bem assim. Afinal, se você compra a passagem com seis meses de antecedência, quando o voo ainda está praticamente vazio, as chances de conseguir uma promoção são bem baixas.

Pense no modelo de negócio das companhias aéreas: para elas, assento vazio é prejuízo. Por esta razão, à medida que o voo se aproxima, há mais chances de que elas façam promoções para lotá-lo de vez.

Assim, se você não está voando em alta temporada, é possível deixar para comprar os bilhetes aproximadamente três meses antes da data da viagem. Não é tão em cima a ponto de arriscar a viagem, mas tampouco zera suas chances de conseguir comprar os bilhetes em promoção.

passagens baratas para miami

Use buscadores de voos online

Há diversos buscadores online que facilitam a vida dos viajantes, permitindo que você encontre passagens baratas para Miami e vários outros destinos.

O Google Voos é uma das suas melhores opções para isso. Além de totalmente gratuito, ele não mostra apenas os preços no dia que você escolheu, mas identifica as datas mais baratas do mês e te dá dicas para gastar menos.

Além disso, seu algoritmo estuda os preços de anos anteriores para mostrar quando as passagens vão subir ou baixar e preço. Você pode até mesmo optar por receber essa informação por e-mail.

Por fim, o Google Voos te transfere diretamente ao site da companhia aérea, ou instrui a reservar por telefone. Ou seja: é perfeitamente seguro. Com ele, você tem todas as informações necessários para fazer um bom negócio.

Além deste, é possível encontrar uma infinidade de sites que estão sempre divulgando passagens com bons preços. A quantidade de sites oferecendo as melhores promoções hoje é tão grande que é fácil se perder na hora de escolher quais buscadores usar. Entre os principais podemos citar o Decolar, o Skyscanner, o Viajanet e o Submarino Viagens (COLOCAR LINKS). A maioria deles oferece também busca de hospedagem para facilitar ainda mais sua viagem.

Use o modo anônimo do navegador

Independente do buscador que você use, é muito importante que você acompanhe os preços das passagens para Miami navegando no modo anônimo.

Isso porque, quando você visita um site pela primeira vez, ele instala um cookie nesse computador. Quando você o acessa novamente, o cookie diz ao servidor que você já esteve ali antes.

No caso da busca por passagens, se você procura o mesmo voo várias vezes, o site da companhia interpreta que o seu interesse por ele é alto. Assumindo que você não se incomodaria em pagar mais, ela sobe o preço.

Procure voos para Miami com conexões fora dos Estados Unidos

Os voos para Miami que são diretos ou fazem conexão já dentro dos Estados Unidos são, indiscutivelmente, os mais caros. Para gastar menos, a alternativa é voar por companhias que façam conexões em outros países.

Na América Latina, alguns hubs importantes com voos para Miami são Lima, Bogotá e a Cidade do Panamá. Além de te permitirem gastar menos, essas cidades ficam mais ou menos no meio do caminho, para que você estique um pouco as pernas antes de seguir ao destino final.

Peça orçamentos a agentes de viagens

Comprar passagens e reservar hotéis com agentes de viagens te parece algo ultrapassado? Pense de novo! Por mais prática que a internet seja, ela não te proporciona uma coisa que as agências conseguem com frequência: descontos generosos.

Elas não cobram taxas, já que ganham comissões pelos serviços reservados. Todas as negociações feitas são diretamente com os funcionários das empresas aéreas. Como fazem reservas com frequência, muitas vezes para grupos grandes, as agências têm mais margem para pedir descontos. Além disso, elas usam um sistema exclusivo para buscar bilhetes e têm acesso a voos que os buscadores online não conseguem encontrar.

Assim, se a busca de passagens baratas para Miami pela internet se revelar infrutífera, visite uma agência de viagens. Você pode conseguir fazer um excelente negócio por meio de uma delas!

Seja flexível

A flexibilidade é a regra de ouro para encontrar passagens baratas para Miami ou qualquer outro lugar. Afinal, pode ser que a tarifa do dia no qual você pretende viajar esteja cara, mas que você consiga um belo desconto no dia seguinte.

Também há a possibilidade de os voos para Miami estejam acima do que você pode pagar. Nesse caso, há a opção de voar diretamente do Brasil para a vizinha Fort Lauderdale ou Orlando.

Ah, não tenha preguiça de acordar cedo: os primeiros e os últimos voos do dia geralmente são os mais baratos, independente do destino. Vale a pena perder algumas horas de sono!

O que fazer em Miami Beach: um guia compacto desta região imperdível

O que fazer em Miami Beach? Quais são os melhores restaurantes? Onde se hospedar? Respondemos todas essas perguntas nesse guia compacto sobre a região.

Miami Beach é uma das regiões mais cobiçadas, badaladas e famosas da região quase homônima, Miami.

Pouca gente sabe que ela, formalmente, é uma cidade independente. Entretanto, tanto os nomes parecidos quanto à proximidade (Miami Beach fica ao lado de Miami, e é facilmente acessível desde lá) faz com que a maioria das pessoas pensem que ambas são uma.

Seu tamanho não é documento: mesmo pequena, a ilha abriga um verdadeiro universo de atrações, paladares e experiências. Ela promete encantar até mesmo os viajantes mais experientes e exigentes!

Nesse guia, você confere em primeira mão o que fazer em Miami Beach, bem como uma lista de restaurantes e hotéis para todos os gostos – e bolsos -, para que suas férias sejam inesquecíveis. Boa leitura e boa viagem!

O que fazer em Miami Beach?

Com tantas atrações interessantes, pode ficar difícil decidir o que fazer em Miami Beach se você tem pouco tempo para explorá-la! É indiscutível que de quanto mais tempo melhor: o indicado é ficar no mínimo 7 días na região de Miami para dar conta de tudo (compras, passeios pelas ruas mais emblemáticas, museus, etc).

Independente da duração da sua estadia, essas são algumas atrações de Miami Beach que você não pode ignorar:

  • Española Way: a rua mundialmente famosa dispensa apresentações. A paisagem da via, preenchida por construções no estilo colonial espanhol, é inesquecível.
  • Art Deco District: localizado entre a Ocean Drive e a praia, o Art Deco District é uma verdadeira viagem no tempo. O local conta com diversos edifícios, construídos entre 1925 e 1940, restaurados e preservados. Se você não sabe muito sobre arquitetura, o passeio pode ser feito com o auxílio de um audioguia ou um guia voluntário. Para aproveitar mais a visita, recomenda-se começar pelos edifícios mais importantes, que ficam entre as ruas 6 e 7. Ah, é grátis!
  • Lincoln Road: A Lincoln Road é considerada por muitos como um shopping a céu aberto. A agradável rua, totalmente reservada para os pedestres, oferece um excelente mix de lojas e restaurantes, frequentados por pessoas do mundo inteiro. Vale a pena o passeio, mesmo se você não for comprar nada!
  • Ocean Drive: a Ocean Drive é o coração de Miami Beach. Paralela ao mar, a via é uma das mais importantes da região. É perfeita para os amantes da noite: a paisagem intercala os famosos coqueiros com restaurantes e casas noturnas mundialmente famosos, frequentados por celebridades.
  • Miami Beach Boardwalk: essa atração é para os amantes do mar. A Miami Beach Boardwalk fica na região de Mid-beach e é um passeio paralelo ao mar. Perfeito para um passeio no fim da tarde!
  • Collins Park: Miami é muito ensolarada, e relaxar em uma sombra por alguns minutos é sempre bom. Para isso, visite o Collins Park: rende um belo passeio e, até mesmo, um piquenique.

lincoln road miami

Onde comer em Miami Beach?

Quando se trata de gastronomia, Miami Beach não deixa por menos. Há desde opções econômicas, até restaurantes comandados por chefs mundialmente famosos e frequentados por celebridades. Confira alguns:

  • Bubba Gump Shrimp: inspirado no filme Forrest Gump, esse estabelecimento tem ambiente familiar, porções generosas e frutos do mar frescos.
  • Joe’s Stone Crab: opção econômica, o Joe’s é um dos restaurantes mais tradicionais da região. O carro-chefe, o caranguejo, atrai curiosos de todo o mundo.
  • Nobu: o Nobu é aquela extravagância que todos cometem nas férias. É conhecido pela gastronomia excepcional e por ser ponto de encontro de celebridades.
  • Prime 112: esse restaurante é especialista em carnes. Concorrido e com preço acima da média, recomenda-se fazer reserva.
  • Casa Tua: outra opção com ambiente familiar, o Casa Tua é especializado em comida italiana. Destaca-se pela sofisticação e pelo bom atendimento.

Onde se hospedar em Miami Beach?

Tão importante quanto saber o que fazer em Miami Beach, é decidir onde ficar! Uma localização estratégica faz toda a diferença em suas férias.

De modo geral, recomenda-se ficar próximo às vias importantes, como a Lincoln Road e a Ocean Drive. A oferta de hospedagem é farta e adequada a todos os bolsos. Confira algumas sugestões:

  • Hilton: opção para quem pode gastar mais, o Hilton Bentley Miami/South Beach fica na Ocean Drive, próximo ao Prime 112. As diárias ficam na casa dos R$ 1 mil.
  • Marriott Stanton South Beach: vizinho do Hilton, também é opção para quem pode gastar mais – as diárias superam R$ 1 mil.
  • Hotel Croydon: opção de custo intermediário, é possível encontrar diárias por menos de R$ 500.
  • Boutique 18: opção mais econômica, fica ao lado do Miami Beach Convention Center e próximo à Lincoln Road. Tem diárias por menos de R$ 400.
  • Lexington Hotel: opção extremamente econômica, tem diárias próximas a R$ 300, apesar de estar cercado de hotéis mais caros (fica perto ao Fontainebleau, por exemplo).

Novos voos diretos para Miami a partir de 2018

Viajar para Miami vai ficar mais fácil graças à criação de novas rotas de voos para Miami e Orlando e o reforço das antigas. Confira o que muda.

Boas notícias para os turistas: o Grupo LATAM Airlines, resultado da fusão da companhia brasileira TAM com a chilena LAN, anunciou que ampliará a oferta de voos diretos para Miami partindo da região. Haverá tanto a inauguração de novas rotas quanto o aumento da frequência dos voos já existentes.

Até então, a empresa operava apenas um voo do nordeste para Miami: todas as terças-feiras, um Airbus A320 decolava de Fortaleza rumo à badalada cidade da Flórida, sem escalas, para, logo em seguida, fazer o caminho de volta.

A oferta de voos diretos para Miami na região, era, sem dúvidas, pobre. Não era raro ter que ir a São Paulo ou ao Rio de Janeiro para, só então, embarcar rumo aos Estados Unidos. Além destas cidades, havia as opções de fazer conexão em Manaus ou Belém do Pará. Felizmente, a necessidade de tomar mais um voo em outra localidade está com os dias contados!

Novos voos para Miami diretos anunciados pela LATAM

Em comunicado, a LATAM anunciou tanto a criação de novas rotas quanto o reforço de antigas. A empresa dará à população do nordeste brasileiro muito mais opções de voos diretos para Miami e Orlando, o que promete facilitar a vida dos turistas locais. Os destaques são a inauguração das rotas Salvador-Miami e Recife-Miami.

Além disso, o voo direto para Miami partindo de Fortaleza terá uma frequência maior. Os habitantes da capital cearense ganharão, também, uma conexão direta com Orlando, que será operada duas vezes por semana. Esse novo trecho será inaugurado no dia 5 de julho de 2018. Já os voos diretos para Miami serão intensificados a partir de fevereiro do próximo ano.

No total, a LATAM afirma que haverá um acréscimo de mais de 2 mil assentos nas conexões entre o nordeste e os Estados Unidos, distribuídos em mais de 10 voos semanais.

passagens aereas baratas

Mais companhias planejam lançar mais voos para Miami

Há não tão pouco tempo, era praticamente impossível viajar para o exterior sem passar por São Paulo ou pelo Rio de Janeiro. Felizmente, se depender das companhias aéreas operantes no Brasil, encontrar voos diretos para Miami vai ficar muito mais fácil.

A Avianca Brasil, subsidiária da companhia colombiana de mesmo nome, anunciou que conseguiu a aprovação de novas rotas junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O órgão liberou 14 voos diretos para Miami por mês, partindo de Belo Horizonte. Isso indica que a frequência será diária.

A Azul Linhas Aéreas, que até então vinha se dedicando mais à aviação regional, também começa a se aventurar mais no mercado internacional. Em 2017, a empresa começou a vender passagens de voos diretos para Miami partindo de Belo Horizonte e Belém. Eles serão operados três vezes por semana na alta temporada.

Quais são as outras rotas de voos para Miami?

Atualmente, as únicas companhias aéreas que operam voos diretos para Miami, além da própria LATAM, são American Airlines, Avianca e Azul. Para quem não se importa em fazer um pequeno desvio, esta última também disponibiliza a rota Campinas-Fort Lauderdale, vizinha de Miami.

A LATAM opera voos diretos de Manaus, Rio de Janeiro e Brasília. No caso da capital federal também há voos da American Airlines.

Quando se trata de voos para Miami com conexões, a oferta fica maior, e, os preços, mais em conta. Na América Latina, algumas das cidades onde é possível trocar de aeronave antes de partir rumo a Miami são Lima e Bogotá, pela Avianca, e Cidade do Panamá, pela Copa Airlines.

Se você prefere fazer conexão já dentro dos Estados Unidos, há ampla oferta de voos, operados por diversas companhias. Há trechos com opções diárias para cidades com aeroportos importantes como Dallas, Detroit, Chicago, Atlanta e Nova Iorque.

Há, também, algumas rotas diretas que foram aposentadas. A American Airlines desativou duas: Curitiba-Miami (com escala em Porto Alegre) e Fortaleza-Miami. Felizmente, a companhia estuda a reativação desta última.

Voos diretos Brasil-Orlando

Geralmente, quem visita Miami aproveita a viagem para conhecer os parques de Orlando. A boa notícia é que não apenas é possível viajar diretamente à cidade da Disney, como a tendência é que a oferta cresça.

A Azul é uma das empresas que mais tem criado novas rotas. Atualmente, é possível voar para Orlando desde várias cidades, como São Paulo, Belo Horizonte, Vitória, Campinas, Goiânia, Montes Claros e muito mais. Entre as companhias estrangeiras, a única que fornece uma conexão Brasil-Orlando é a americana Delta Airlines, que opera a rota Guarulhos-Orlando.

Mas para quem chega primeiro aqui e prefere fazer a viagem de Miami para Orlando, existem diferentes alternativas, além de inúmeros voos diretos.

A melhor notícia é que com a pior parte da crise superada, a tendência é que as empresas inaugurem cada vez mais rotas novas, aumentando as opções para os turistas brasileiros viajarem cada vez mais para a Flórida.

Festas de Réveillon em Miami oferecem desde queimas de fogos gratuitas até show da Demi Lovato

Opções para todos os bolsos e gostos marcam as festas de Réveillon em Miami

Com dias de sol lindíssimos e temperatura agradável, Miami é um dos destinos mais buscados pelos brasileiros para as festas de final de ano. O paraíso das compras oferece segurança e clima tropical ideais para quem deseja gastar e curtir a cidade antes mesmo do Natal, fugindo da neve que cobre o restante dos EUA. Já a vida noturna de Miami tem as atrações mais procuradas da terra do tio Sam. Na noite de Ano novo, não é diferente: há festas de Réveillon para todos os bolsos e gostos.

Seja para pular sete ondinhas na virada do ano ou celebrar em grande estilo, Miami oferece festas abertas, gratuitas ou fechadas, organizadas pelos clubes e hoteis. Com gente de todos os cantos do mundo, a cidade é o único destino internacional entre os 10 mais procurados pelos brasileiros segundo uma pesquisa do Kayak. Não sem motivo, afinal, Miami tem shows de música e de fogos de artifícios gratuitos com duração de aproximadamente 20 minutos no Bayfront Park, entre outros eventos imperdíveis.

Confira outras opções gratuitas de festas de Réveillon em Miami e aproveite para entrar em 2018 em grande estilo:

Downtown Miami

Gratuita, a cerimônia “oficial” de Ano Novo no Bayfront Park tem tudo para encantar os turistas no Réveillon com os prédios de Downtown Miami e sua bela vista para a Ilha de Biscayne. Assim como a maçã do Times Square,o Bayfront Park também tem uma fruta descendo do topo do prédio: é uma laranja! Além dos fogos de artifício, o Bayfront Park também conta com um show anual, que em 2017 será comandado pelo cantor Pitbull. A entrada franca atrai muita gente, por isso, o local tem seus lados positivos e negativos.

South Beach

Outra festa de Réveillon gratuita em Miami com queima de fogos e música ao vivo! Chamada de “City of Miami Beach New Year’s Eve Celebration”, a comemoração acontece entre as ruas 9th Street e a Ocean Drive e reúne gente bonita e jovem, com bares e clubes lotados ao longo de toda a Ocean Drive. Seu clima agitado, com muita bebida e animação, não é recomendado para crianças. A dica aqui é chegar cedo, pois, após os fogos de artifício, a festa costuma acabar e as pessoas seguem para outros destinos na noite de Réveillon animadíssima de Miami.

reveillon em miami

Festas de Réveillon em Miami de bolso cheio

As festas de Reveillon promovidas pelos hoteis da cidade já viraram tradição em Miami. Em 2017, a festa que mais promete será promovida no Hotel Fontainebleau com shows da cantora Demi Lovato e do DJ e produtor Kygo na piscina de frente para a praia do resort. Sem hora pra acabar, a celebração continuará com uma apresentação do cantor Travis Scott, indicado para o “Álbum do Ano” do Grammy no famoso clube LIV, também localizado no Fontainebleau.

Os preços para a virada de ano no Fontainebleau vão de US$ 275 (por pessoa) até US$ 4 mil e US$ 40 mil nos camarotes privativos lado do palco para até 25 participantes. Todos os ingressos oferecem open bar com bebidas premium até o meio dia do primeiro dia de 2018. Para quem busca opções mais tranquilas, os grandes restaurantes oferecem celebrações especiais de Réveillon com atrações mais familiares.

Uma boa opção é o Smith & Wollensky, um dos mais tradicionais de Miami. Criada em Nova York, a casa tem 9 outras filiais nos Estados Unidos e a unidade de Miami está localizada no extremo sul de South Beach, no local conhecido como South Point. O restaurante oferece um visual imperdível no canal que margeia o acesso ao oceano, com navios saindo e, de tarde com um pôr-do-sol inesquecível. Com as melhores carnes da região, o Smith & Wollensky também oferece pratos com frutos do mar.

Para curtir a noite no Bayfront Park com a família, sem precisar enfrentar a multidão, o hotel Intercontinental é uma boa opção no Centro de Miami. O local oferece três eventos de Réveillon diferentes: dois para quem só deseja jantar, o Toro Toro (US$ 250 por pessoa com uma garrafa de champagne por casal) e o Olé (entre US$ 125 e US$ 175 por pessoa), e uma festa open bar, a Blue Water (sem ceia) para quem quer curtir os fogos de Miami (US$ 150 por pessoa).

Costumes diferentes no Réveillon em Miami

Quem vai passar o Réveillon em Miami precisa estar preparado para ver de tudo. Afinal, a cidade reúne uma grande diversidade de nacionalidades e estilos diferentes. O dress code é outra diferença gritante, pois as cores das roupas no Ano Novo são em tons diversos, que incluem até o preto, ao contrário do branco usual do Brasil.

Outro costume que merece atenção é a idade mínima para consumir bebidas e participar das grandes festas fechadas: em Miami, a maioridade é atingida somente aos 21 anos. Não deixe para escolher o local da virada na última hora, pois a maioria dos hoteis e restaurante exige a reserva de mesas com antecedência.

Para evitar o trânsito e a correria de final de ano na cidade, muita gente também evita dirigir em Miami, optando pelos serviços de transfers. Seguros e práticos, eles são boas opções para quem não quer correr o risco de precisar dirgir após o consumo de bebidas alcoólicas durante os dias que antecedem o Réveillon.
Prepare os brilhos e o champagne e boas festas em Miami!

O que fazer em South Beach: pontos turísticos da praia mais badalada de Miami

Com vida noturna agitada e o melhor da gastronomia, South Beach é um dos pontos mais visitados em Miami

Famosa por sua arquitetura Art Déco, vida noturna, festas, badaladas, gente bonita e hoteis deslumbrantes, a praia de South Beach é parada obrigatória para quem vai viajar para Miami. Com suas belezas naturais, South Beach oferece o melhor dos mundos aos brasileiros que visitam a cidade em busca de agito, já que mistura o clima praiano com diversas opções gastronômicas e vida noturna com centros de compras em Miami.

Mas nem só de rostinhos bonitos é feita South Beach: sabia que o bairro é considerado um museu a céu aberto pela relevância histórica dos seus edifícios? Em Miami Beach, são mais de 800 construções em estilo Art Déco, o que torna a cidade o primeiro conjunto arquitetônico dos Estados Unidos do século XX a integrar o Registro Nacional de Locais Históricos.

south beach miami

Lugares obrigatórios em South Beach

A melhor forma de conferir a beleza das construções de South Beach é caminhar pela famosa Ocean Drive e ver de perto os edifícios que marcam presença na TV e no cinema. Durante o dia, a Ocean Drive é uma boa opção para caminhar, fazer exercícios ao ar livre ou compras, já que a avenida conta com inúmeras lojas de grifes e marcas internacionais.

No coração de South Beach, destaque para a Lincoln Road, rua exclusiva para pedestres com comércio a céu aberto que conta com lojas como Adidas, Apple, American Apparel, Victoria’s Secrets e L’Occitane, por exemplo, entre as ruas 16th e 17th. Há ainda um calçadão intuitivo com placas e paineis que indicam a localização das lojas a cada quarteirão da Lincoln Road.

Voltando à Ocean Drive, uma curiosidade que vale a pena conhecer é a casa onde viveu e foi assassinado o estilista italiano Gianni. Hoje, ela pertence a um hotel, mas, como todos os cantinhos de South Beach, a construção guarda um pouco da história do renomado estilista em Miami.

Baladas na Ocean Drive, em South Beach

A vida noturna da Ocean Drive oferece algumas das festas mais famosas de Miami Spouth Beach. Destaque para a Nikki Beach Miami, uma balada na praia, com DJ ao redor da piscina, e para a Mangos Tropical Miami, que conta com uma noite de salsa divertidíssima.

A famosa Mansion Nightclub também fica na Ocean Drive. Se aparecer por lá prepare-se para agitar até às três da manhã e continuar circulando por horas durante a madrugada com todo o movimento da avenida, com sua iluminação noturna incrível: seus bares e restaurantes são banhados com luzes non que refletem o espírito jovial da cidade.

Miami Beach merece: pegando praia em South Beach

Famosos com seus tons pasteis, os postos de salva-vidas das fotos e dos filmes é uma realidade nas areias de South Beach. Sempre lotada, essa praia traz uma vibração animada, sempre com pequenos aviões destacando os banners das festas que agitam a noite de South Beach. O sol da Flórida pede filtro solar e muita água, mas nada de bebidas alcoólicas, já que a legislação americana não permite o consumo na praia.

É possível alugar cadeiras e guarda-sol para curtir o dia em South Beach, mas não estranhe a movimentação ao redor, já que as praias de Miami têm vida própria: há de tudo por lá, desde surfistas, casais, crianças ou mesmo pessoas em trajes do dia a dia curtindo o sol, assim como modelos fazendo topless.

south beach

Se cansar de curtir praia, aproveite o resto do dia para passear de bicicleta em South Beach, já que essa é uma das melhores formas de conhecer Miami Beach. Pelo bairro, estão espalhados diversos pontos de aluguel de bicicleta da Deco Bike.

Basta retirar a sua bike em um dos diversos terminais, realizar o pagamento com cartão de crédito e devolvê-la em qualquer um dos pontos da marca: melhor pedida para um dia de sol em South Beach.

Onde comer em South Beach

A cultura efervescente de Miami pode ser notada em sua gastronomia, já que a cidade oferece opções para todos os gostos e paladares. Para quem gosta de um bom prato, um dos principais destaques da região são os frutos do mar que são servidos fresquinhos nos diversos restaurantes da avenida.

Em South Beach, uma das melhores opções é o Smith & Wollensky, com localização privilegiada em frente a uma das ilhas privadas de Miami, a Fisher Island. O local oferece vista para os enormes navios e um cardápio variado, que vai da carne aos frutos do mar, além de uma varanda ideal para um pôr-do-sol de tirar o fôlego durante um happy hour animado ou a dois.

Os fãs de carne podem dar a sorte de encontrar celebridades como Gisele Bündchen no Prime 112, que oferece acompanhamentos fartos, perfeitos para dividir entre a turma. Para gastar pouco, aposte no restaurante ítalo argentino Café Charlotte, localizado na Washington Avenue: o local conta com excelente custo benefício e as melhores empanadas grelhadas da cidade.

Já o Joe’s Stone Crab, um clássico de Miami, é imperdível para os amantes dos frutos do mar. Lá, é possível degustar caranguejos gigantes, mas fique de olho no calendário antes de marcar uma visita, já que a casa fecha nos meses em que não há pesca do animal.

Em South Beach, há tanta vida pelas ruas que não vale a pena alugar um carro e perder o movimento do bairro dentro de um veículo. Principalmente para quem ainda não conhece muito bem a cidade, uma boa dica é contratar um transfer ou fazer um city tour com guias brasileiros, que oferecem visitas guiadas aos melhores pontos turísticos de Miami que, é claro, tem hora marcada em South Beach!

Onde e o que comprar em Miami na Black Friday

Saber quais as melhores lojas e produtos para comprar na Black Friday em Miami é fundamental para aproveitá-la bem. Confira dicas de onde comprar e como obter excelentes descontos, sem stress.

A Black Friday é uma data conhecida em todo o mundo. Celebrada na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças, a ocasião comercial oferece descontos inacreditáveis, que levam milhões de pessoas às compras. A Cyber Monday, que acontece na segunda-feira subsequente também é uma excelente oportunidade, mas se dedica apenas aos eletrônicos.

Reza a lenda que a Black Friday surgiu graças aos engarrafamentos que ocorriam devido ao feriado prolongado. Os lojistas notaram a oportunidade e passaram a fazer grandes promoções para atrair os passantes, até que a data assumisse as proporções de hoje.

O que a torna atraente são justamente os preços ainda mais baixos que o normal. Afinal, quem visita os Estados Unidos percebe, logo de cara, que é possível comprar mais gastando menos. É o caso do iPhone X que será lançado em breve: enquanto seu preço estimado no Brasil está previsto para ser a partir de R$ 7 mil, nos EUA a expectativa é que custe em torno de US$ 1.000. Ou seja, pelo mesmo preço do iPhone X no Brasil, você vai a Miami e compra o aparelho. Infelizmente o novo smartphone, dificilmente vai estar disponível para ser comprado com desconto já na próxima Black Friday que ocorre no dia 24/11 ou na Cyber Monday. Mas não tem problema porque muitos outros produtos estarão disponíveis. E lembre: se em Miami normalmente os preços já são um arraso, imagina nessas datas.

Ou seja, se lojas e outlets em Miami já são parada obrigatória em condições normais, não passar por eles em sua viagem à cidade durante a Black Friday é quase um crime! Neste guia, você aprende tudo sobre a data, com dicas essenciais de onde e o que comprar, para aproveitar a data ao máximo, como um americano:

onde comprar na black friday em miami

O que comprar em Miami na Black Friday?

Os itens mais procurados nas lojas em Miami geralmente são eletrodomésticos, eletrônicos e artigos de moda. Entre os brasileiros, os queridinhos são os dois últimos. Entretanto, é possível encontrar descontos nos mais diversos produtos e serviços: de passagens aéreas a material de construção.

Quais são as melhores lojas em Miami para comprar na Black Friday?

Na Black Friday em Miami, a maioria das grandes lojas (como Best Buy, Target, Walmart, Sears, Macy’s, entre outras), não medem esforços e fazem mega promoções para atrair clientes para as compras de final de ano, acirrando a disputa. Melhor para os consumidores que querem aproveitar e comprar o máximo os produtos à preço de banana

Confira mais sobre cada uma delas:

  • Walmart: nele, você encontra de tudo! Desde comidas e bebidas a roupas e eletrônicos, passando por itens decorativos. Este ano, o Walmart vai oferecer algumas promoções por um determinado tempo (em geral, 1 hora) e outras duram até o estoque acabar.
  • BestBuy: é famoso por sua excelente seleção de eletrônicos, como videogames, celulares e computadores.
  • Macy’s: a tradicional loja de departamentos é uma das queridinhas dos americanos. Nela, você encontra de tudo: de cosméticos a roupas esportivas, passando por acessórios.
  • Target: semelhante ao Walmart, a rede oferece uma grande variedade de produtos. Entre os mais vantajosos estão os itens para casa e cozinha, brinquedos e cosméticos.
  • Sear’s: a loja de departamentos que vende de tudo. Destaque para roupas de marcas não muito conhecidas, toalhas e mesas de banho, enfeites e objetos de decoração, eletrodomésticos, brinquedos, utensílios e ferramentas.

E os outlets em Miami, também entram em promoção na Black Friday?

Os outlets em Miami são parada obrigatória durante o ano todo para quem não dispensa boas compras. Como vendem itens de coleções passadas ou com pequenos danos, seus preços são muito mais baixos que os das lojas comuns. Acontece que eles também aderem à Black Friday, o que os torna ainda mais atrativos. Contudo, atenção: aqueles com uma orientação premium não oferecem descontos tão agressivos.

Os principais outlets de Miami podem ser encontrados principalmente no Sawgrass Mills e o Dolphin Mall, dos dos maiores shoppings da região que vendem itens muito abaixo do preço de mercado. O Sawgrass Mills, que fica no distrito de Sunrise, bem perto de Miami, é provavelmente o local mais famoso para fazer compras com preço baixo. Seus outlets oferecem produtos de coleções passadas por verdadeiras pechinchas. O Dolphin Mall, não é tão grande quanto o Sawgrass, mas tem diversos outlets e lojas famosas que os brasileiros gostam. Fica a poucos minutos de Downtown Miami e do aeroporto.

Além dos outlets, outros shoppings também se unem à Black Friday. Entre as paradas imperdíveis, estão:

  • Aventura Mall: localizado na cidade vizinha de Aventura, oferece um excelente mix de lojas de grife. É parada obrigatória para os amantes de alta moda.
  • Dadeland Mall: lar da maior loja Macy’s da Flórida, é um dos shoppings mais conhecidos da região.

 

Como aproveitar a Black Friday nas lojas em Miami ao máximo?

Mais importante do que saber o que comprar em Miami na Black Friday, é saber onde e quando ir às compras! Confira algumas práticas adotadas pelos americanos para aproveitar a data como um nativo:

  • Acorde cedo, ou vire a noite: muitas lojas abrem à meia noite, pontualmente, já com preços mais baixos. Para fugir do movimento e das filas, mas sem ficar com poucas opções de produtos, o ideal é começar as compras mais ou menos às 5h da manhã.Pesquise previamente: os americanos se planejam muito bem para aproveitar os descontos. As lojas sempre anunciam os descontos com antecedência, de modo a animar o público. Use isso a seu favor!
  • Planeje o roteiro: os americanos planejam o percurso pelas lojas antes de ir às compras. É algo que poupa bastante tempo e permite aproveitar melhor a data.
  • Faça uma lista de compras: do mesmo modo, os americanos costumam saber o que comprar na Black Friday com antecedência. Afinal, com tantos descontos, é fácil se deixar levar e acabar gastando mais do que pode! Mesmo antes do evento, pesquise preços e resenhas dos itens desejados para fazer excelentes negócios.

Quer mais ajuda para saber onde e o que comprar em Miami?

Tem vários macetes para você comprar os melhores produtos com os melhores preços em Miami. Outra dica importante é que o Black Friday é no dia 24/11 mas na verdade começa antes. O o Walmart e a Target, por exemplo, normalmente começam suas ofertas às 18h da quinta. Já a Best Buy costuma abrir às 17h de quinta e vai até 1 hora da madrugada da sexta. Esses horários podem variar de um ano para o outro, por isso fique esperto e confira nos sites das lojas para ver o horário de funcionamento.

Que tal contar com especialistas para te ajudar e indicar onde e o que comprar em Miami na Black Friday? E o melhor de tudo: falando o seu idioma. A Eagle Tour é uma empresa de brasileiros para brasileiros com mais de 6 anos de experiência. A empresa oferece dferentes opções de tours de compras, com traslados privativos e motoristas brasileiros. Assim, você só se preocupa em aproveitar os descontos!

Vai fazer uma escala em Miami? Saiba o que fazer no aeroporto e nos arredores

Ponto de maior trânsito internacional dos Estados Unidos, o aeroporto de Miami e arredores tem várias opções de hotéis, restaurantes, lojas e opções de diversão

Inaugurado em 1928, o Aeroporto Internacional de Miami é um dos principais pontos de conexão entre os Estados Unidos e a América Latina. Conhecido como MIA Airport, oferece 148 voos internacionais, mais do que qualquer outro aeroporto dos Estados Unidos por conta de sua posição geográfica.

Em 2014, mais de 40 milhões de pessoas passaram por seus corredores, batendo seu recorde de passageiros pelo quarto ano consecutivo, o que lhe rendeu a posição de aeroporto mais visitado por passageiros internacionais. Por conta da intensa movimentação de turistas, o aeroporto de Miami vem passando por uma grande expansão, com uma revitalização com investimentos de $65 milhões de dólares da sua direção para uma modernização.

Localizado a 12 quilômetros de Downtown Miami e a 17 de South Beach, diariamente o aeroporto recebe milhares de turistas em seus 120 pontos de embarque que são divididos em três terminais, separados por seis saguões. Os terminais do Aeroporto Internacional de Miami são separados por cores: o norte é azul, o central, amarelo, e o sul, vermelho.

Restaurantes e compras no aeroporto de Miami

Completo, o aeroporto internacional de Miami conta com lojas, restaurantes abertos 24 horas. O local ainda oferece opções variadas como farmácias, bares, salões de beleza, bancas de jornal, lojas de eletrônicos e uma galeria de arte para quem não tem pressa de conhecer Miami.

Entre as diversas opções gastronômicas, estão desde bares como Bacardi Mojito, até sorveterias como Häagen-Dazs e cafés como Coffe Beanery, Starbucks e o tradicional café cubano Versailles, além do Dunkin Donuts, José Cuervo Tequileria, Icebox Café e locais mais conhecidos aqui no Brasil como Subway, Pizza Hut e Burger King.

Para as compras, há marcas famosas: Emporio Armani, Montblanc e Coco Bay. Outros destaques são a Bijoux Ternier, a Books & Books, Miami Gifts to Go, para souvernis, e os tradicionais duty free, como a Duty Free Americas.

o que fazer no aeroporto em miami

O que fazer no aeroporto internacional de Miami

Aguardar o voo no aeroporto internacional de Miami não precisa ser entediante, já que o local conta com peças de arte dispostas nos terminais Norte e Sul. No terminal D, há opções gastronômicas diversas na área da American Airlines, além da livraria Books & Books e da loja do Romero Britto.

Para degustar um delicioso mojito, drink oficial de Miami, é só visitar o Baccardi Bar no terminal H/J, que também conta com o local ideal para espairecer e relaxar antes do embarque, o Jetsetter Spa. Se o viajante optar por curtir os locais próximos ao aeroporto internacional de Miami, é possível deixar as malas nos guarda-volumes e explorar a cidade.

Quem quiser relaxar depois do voo pode aproveitar uma área verde de quase 50 mil metros quadrados a cinco minutos do aeroporto na incrível Blue Lagoon Drive. Lá, é possível curtir um dia ensolarado na beira do lago ao ar livre e relaxar a musculatura antes do próximo voo.

Saindo do aeroporto, há o shopping Dolphin Mall, o resort Trump National Doral e o Melreese Golf Course, com opções de compras, massagem no spa do hotel ou partidas de golfe.

Bares americanos e cultura cubana a poucos km do aeroporto de Miami

A poucos minutos do aeroporto, o turista pode se locomover com facilidade com um transfer para conhecer os pontos turísticos da região. Mesmo com pouco tempo (caso você tenha uma conexão para fazer) pode aproveitar para conhecer os bairros de Flagami, Brownsville, Doral, Miami Springs e Little Havana. No Flagami, uma boa opção é degustar os frutos do mar do Catch of the day ou uma refeição tipicamente cubana no Latin Café 2000.

Em Brownsville, quem estiver com a criançada pode curtir um dia no zoológico de Gladys Porter Zoo, um dos melhores do país. Mas se você é fã de esportes, no bairro Doral é possível jogar golfe com facilidade. O esporte é mais praticado por aqui em várs campos de golfe que deixam a cidade ainda mais bonita. Ou então você pode se divertir jogando boliche ou vários outros esportes indoor Planet Air Sports Doral. Já em Miami Springs, o bar Tom NFL oferece porções gigantes e partidas de futebol americano na TV.

Uma das maiores influências de Miami, a cultura cubana, que desembarcou em massa na cidade na década de 60 e 70 durante a consolidação do regime de Fidel Castro pode ser observada de perto em Little Havana, considerada um dos pedacinhos da sua capital. No restaurante Versailles, tradicionalmente aberto desde 1971, é possível experimentar o clássico sanduíche cubano e o croquete de presunto. O Ball & Chain oferece jazz e música ao vivo à moda antiga com uma belíssima decoração retrô. Passear pelo Parque Máximo Gómez, também conhecido como Domino Park é quase como fazer um intercâmbio cultural com Cuba.

Hotéis próximos ao aeroporto de Miami

Para quem vai fazer uma escala mais extensa ou busca praticidade no acesso ao aeroporto internacional de Miami, há uma opção de hotel dentro do próprio aeroporto, o MIA Hotel, que fica no segundo andar, próximo ao check-in da American Airlines. Com apartamentos novos que informam sobre os voos na TV e um restaurante de frutos do mar, o MIA Hotel oferece também estadias de day use para quem não precisa pernoitar lá, além de um lobby bar e um business center.

Nos arredores do aeroporto internacional de Miami, há opções como o bairro Doral, com ótimo custo benefício a aproximadamente 30 minutos de South Beach e 20 de Downtown Miami. Em Doral, algumas opções de hotéis são o Miami Airport Marriot, o Sofitel Hotel e o Crown Plaza Hotel Miami Airport.

hotel aeroporto de miami

Em Miami Springs, o hotel Ramada Miami Springs possui piscina externa e restaurante por um preço acessível. Outra opção é o Holiday Inn Express Miami Airport Central-Miami Springs com café da manhã completo.

Transporte no aeroporto de Miami

Para se locomover do Aeroporto Internacional de Miami para diferentes locais, é possível contar com diferentes opções de táxi, ônibus, metrô e também transfers.

Saindo do aeroporto de Miami, uma opção é o Route 150 Metrobus (Miami Beach Airpoirt Flyer), linha de ônibus expresso que leva passageiros para SoBe com uma parada estratégica na Earlington Heights Metrorail Station. O preço da passagem custa $ 2,35 cada trecho. Para evitar perda de tempo nos deslocamentos é importante verificar os horários das principais linhas. O problema de pegar um ônibus no aeroporto é a quantidade de bagagem que você leva.

Táxi no aeroporto internacional de Miami

Com preços tabelados na região, os táxis oferecem a opção de ser um transporte privativo, que irão buscar o turista onde ele desejar. O preço médio do deslocamento de taxi em Miami é U$ 40. Um dos pontos negativos de se usar um táxi para chegar ou partir do aeroporto de Miami é a quantidade de passageiros e bagagem, já que geralmente não é possível transportar muitas malas nesse tipo de transporte. Outro fator decisivo é o valor das tarifas, que pode variar em horários de pico, prejudicando o bolso dos passageiros.

Alugar um carro no Aeroporto Internacional de Miami

Prático, o aluguel de um carro na Flórida pode ser feito logo no aeroporto ou ainda pela internet, com retirada após o desembarque do avião. Os brasileiros que desejam dirigir no estado norte-americano precisam apresentar somente a CNH Brasileira (Carteira Nacional de Habilitação) e ter ao menos 21 anos. O preço do aluguel do carro nos EUA pode até ser mais barato, porém, além do valor do automóvel, há taxas que precisam ser pagas e impostos à parte que oferecem segurança ao motorista nos casos de possíveis acidentes. É importante saber o que exatamente o turista irá alugar, pois há serviços diversos.

Transfer em Miami

Van executiva com motorista em Miami

Uma boa opção para se deslocar do aeroporto de Miami para o hotel, qualquer outro bairro ou mesmo lugares mais longe como Miami Beach, Orlando ou Fort Lauderdale, são os transfers, com motoristas que falam português em vans modernas. Empresas como a Eagle Tour formada por brasileiros, fazem o turista se sentir em casa ao buscá-los na recepção do aeroporto oferecendo também traduções e check-ins, bem como todas as informações necessárias para a estadia em Miami.

Em várias situações, contratar um serviço de transfer é mais vantajoso que as outras opções de transporte em Miami. Além da facilidade de contar com uma equipe especializada, os transfers possibilitam o transporte de até 14 passageiros e também grandes quantidades de bagagens com segurança e praticidade e, dependendo da situação, muitas vezes até mais barato.

Miami após o Irma: cidade se recupera e setor turístico retoma rapidamente suas operações

Miami comemora o baixo impacto do furacão Irma, que chegou à cidade com categoria 4 e não causou grandes catástrofes

Depois da passagem do furacão Irma pela Flórida, Miami já respira ares de alívio. Embora diversas regiões da cidade tenham ficado alagadas, outras mantiveram uma rotina normal e com restaurantes, lojas, cafés e supermercados funcionando normalmente em menos de 24 horas após a tempestade.

A maioria dos moradores se alarmou com a expectativa de um furacão categoria 5 (máxima) passando por Miami, previsão que se confirmava até sexta-feira, 8 de setembro. De imediato, as autoridades organizaram um grandioso plano de contingência, prestando todo o auxílio necessário para que mais de 6 milhões de moradores saíssem de suas casas. Ao todo foram 393 abrigos abertos e centenas de empresas que se envolveram em uma “força-tarefa” para facilitar o transporte, deslocamento, suprimentos e hospedagem para todos que estavam na cidade.

Conforme indica a sócia-diretora da Eagle Tour, Thaís Lima, apesar dos problemas e prejuízos, Miami conseguiu suportar gloriosamente o maior furacão já formado no Atlântico devido ao extraordinário suporte das autoridades governamentais. Aos poucos, muitos já estão retornando ao trabalho e à rotina, recuperados do susto e motivados a restaurar os danos causados pelo Irma.

Eagle Tour reagendou passagens para garantir a tranquilidade de seus clientes

Turistas brasileiros que foram surpreendidos com a notícia do furacão, puderam contar com o suporte da Eagle Tour para remarcar suas passagens. De forma extremamente profissional e dedicada, a equipe liderada por Thaís e Airton Lima garantiu uma evasão tranquila dos viajantes que já estavam em Miami e, também, daqueles que estavam a caminho.

“Um dos grupos de passageiros estava dentro de um navio que retornaria no sábado, mas devido ao furacão adiantou o retorno para quinta-feira e mais de dez pessoas precisavam remarcar a passagem. De um lado, o Aírton pegava o código da passagem com os turistas no navio e eu repassava para a TAM por telefone.” Esse processo durou mais de 1 hora e meia, mas felizmente conseguimos reagendar o voo de todos.” – conta Thaís.

Turismo em Miami inicia retomada

Embora as previsões iniciais anunciassem um furacão de categoria 5, a tempestade perdeu força após passar por Cuba e Caribe e chegou a Miami já rebaixada para categoria 4, com ventos de aproximadamente 150 km/ h. Houve alagamentos, milhares de árvores caídas e uma queda no fornecimento de energia elétrica e internet, que durou mais de 3 dias.

No entanto, o cenário não foi catastrófico como a maioria esperava: “Já estamos nos recuperando, fazendo a limpeza das casas e ruas. As pessoas que deixaram suas casas estão retornando ao lar e vários visitantes já estão desembarcando. É assim que amamos ver Miami”— afirma Thaís.

miami irma

Dicas para quem está indo para Miami

Aeroportos e portos

  • Os Aeroportos de Miami e Fort Lauderdale retomaram seus voos na última terça-feira, 12 de setembro. No entanto, como houve uma suspensão das operações aéreas por 3 dias, o excesso de movimentações pode provocar o cancelamento de alguns voos. A American Airlines declarou em nota oficial que seus voos, tanto domésticos como internacionais estão sujeitos a mudanças. Portanto, o mais indicado é verificar junto a sua companhia o status do seu voo;
  • O Porto de Miami também já está aberto. Caso tenha marcado alguma viagem de cruzeiro, cheque com a sua companhia o status do seu embarque. A Royal Caribbean, por exemplo, está enviando ajuda humanitária por meio de navios para as ilhas que foram devastadas pelo Irma. Por isso, alguns cruzeiros podem ser cancelados em prol das vítimas do furacão.

Hotéis e comércios

  • Miami Beach já está aguardando seus visitantes. No entanto, é importante conferir se o seu hotel está funcionando normalmente e confirmar sua reserva;
  • A maioria dos shoppings e lojas já estão abertos, incluindo lojas de enxovais para bebês como a Buy Buy Baby de Pembroke Pines, supermercados Publix e Whole Foods;
  • Algumas ruas estão fechadas para limpeza de árvores e entulhos. A higienização de toda a cidade deve durar pelo menos mais uma semana.

Em caso de dúvidas ou para saber mais, entre em contato com a Eagle Tour Miami!

Passagens aéreas para Miami: veja dicas para conseguir os melhores preços

Encontrar passagens aéreas baratas para Miami não é tão complicado. Basta pesquisar com antecedência e estar atento a alguns fatores que definem os períodos de promoção

Curtir as belezas de Miami de forma tranquila e segura requer um planejamento completo para evitar inconvenientes ao longo da viagem. A começar pela passagem aérea, é fundamental ter em mente que algumas companhias oferecem diferenciais de preço e amenidades, fatores que fazem toda a diferença durante o seu deslocamento até a Flórida.

Em determinadas épocas do ano, é possível encontrar passagens para Miami por menos de R$ 3 mil (ida e volta, já incluindo taxas e impostos). Para garantir preços assim é fundamental realizar a compra com antecedência e estar atento aos alertas promocionais enviados por diversas companhias.

Acompanhe, a seguir, algumas dicas que podem te ajudar a planejar sua viagem para a Miami e arrematar bons preços de passagens aéreas para a Flórida.

viajar de avião para miami

Organizando a viagem para Miami

Conforme indicam especialistas do setor de viagens, as passagens aéreas possuem tarifas menores quando compradas até 3 meses antes da data de embarque. Isto porque a maior parte das companhias trabalham com um conceito chamado Yield Management, que na prática se resume em definir uma ordem crescente de preços conforme a demanda por poltronas. Assim, os primeiros assentos disponibilizados oferecem os melhores preços quando comparados aos últimos. Em outras palavras: quem adquire as passagens com antecedência pagará menos do que aqueles que deixam para a última hora.

Temporada x passagem barata para Miami

A época do ano também influencia os preços de voos para Miami. Nos meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro os valores disparam, já que a época de alta temporada. O mesmo ocorre no período de julho, que marca as férias escolares não só no Brasil, mas em outros países.

Paras as pessoas que só conseguem viajar nessas épocas, é mais difícil encontrar passagens aéreas com promoção. No entanto, para aqueles que têm a alternativa de tirar férias em outras temporadas, há grandes chances de encontrar preços atrativos. Conforme indicam algumas pesquisas, os meses com maior número de promoções em passagens aéreas para Miami são março, maio e setembro.

Melhores dias para conseguir passagem para Miami em promoção

O dia do embarque é outro fator que faz toda a diferença no valor das passagens aéreas. Para os destinos nacionais, por exemplo, é mais comum obter promoções às terças, quartas e quintas.

Para Miami, porém, os dias promocionais podem variar. Ao fazer algumas pesquisas ao longo de pelo menos três semanas, é possível descobrir os dias nos quais as tarifas são mais baixas.

Essa pesquisa pode ser feita diretamente no site das empresas ou por meio de comparadores de preços como Skyscanner, Mundi, Orbitz, Voopter e Kayak. Na segunda opção, você poderá fazer a busca de uma forma prática, rápida e gratuita. Outra vantagem é que a maior parte dessas ferramentas permitem fazer um cadastro para receber “alertas” sobre promoções repentinas. Assim, é possível acompanhar as melhores ofertas e aumentar as chances de conseguir passagens baratas para Miami.

Outras dicas de planejamento para quem pretende viajar para Miami

Além das passagens aéreas é necessário reservar com antecedência a hospedagem, os serviços de transfer do aeroporto ao hotel e os passeios turísticos que serão feitos em cada dia de viagem. Ao deixar tudo organizado antes da data do embarque, é possível evitar inconvenientes e frustrações, garantindo uma viagem verdadeiramente inesquecível em qualquer época do ano.

No entanto, se você não possui o tempo necessário para esse planejamento, o ideal é contar com uma empresa de turismo receptivo como a Eagle Tour Miami, que auxilia não apenas nos transfers e passeios em Miami, mas também no check-in, traduções, dicas para você ter uma estadia perfeita em Miami. Sem esquecer também daquilo que brasileiro mais quer que é fazer compras em Miami, a Eagle Tour conhece os melhores shoppings e lojas da capital da Florida.